conecte-se conosco

Polícia

“Bill” é executado a tiros na frente de um restaurante na zona portuária em Paranaguá

Publicado

em

Cleverson de Araújo, conhecido como “Bill”, de 34 anos, foi executado a tiros na frente de um restaurante, no final da manhã desta quinta-feira, 5, por volta das 11h50, na zona portuária, em Paranaguá.

De acordo com testemunhas, “Bill” estava arrumando algumas mesas do estabelecimento comercial, na Rua Manoel Bonifácio, esquina com Conselheiro Corrêa, quando foi surpreendido por um indivíduo armado. O suspeito teria descido de um carro escuro que parou nas proximidades.

Após atirar quatro vezes na direção da vítima, o indivíduo entrou no veículo e fugiu em alta velocidade.
Atingido nas costas e na cabeça, Cleverson Araújo caiu sem vida na via.

Socorristas do Samu foram acionados por familiares da vítima e constataram o óbito.

Viaturas da Polícia Militar intensificaram o patrulhamento pela região, mas nenhum suspeito foi abordado.

Cleverson de Araújo, conhecido como “Bill”, foi executado com vários tiros na frente de um restaurante, na zona portuária, em Paranaguá

INDICATIVO

No dia 3 de abril deste ano, Cleverson de Araújo, o “Bill”, foi preso pela Polícia Militar acusado de atirar em Jhonatan Alves de Souza, de 30 anos.

O atentado a tiros aconteceu na Rua 33, na Vila Rocio, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá.

Jhonatan foi atingido na coxa direita e encaminhado para o Hospital Regional, por socorristas do Samu.

Consciente, a vítima relatou que dois homens, em uma motocicleta escura, o abordaram e atiraram. Jhontatan contou que o autor dos disparos era conhecido no bairro como “Bill” e que morava nas proximidades.

A motivação para o crime seria uma dívida de entorpecentes no valor de R$ 150,00.

Ainda de acordo com a vítima, “Bill” o teria ameaçado de morte, momentos antes.

Viaturas da Polícia Militar cercaram a região e conseguiram localizar o suspeito.

Cleverson de Araújo, que usava tornozeleira eletrônica, estava saindo de uma residência quando foi abordado e preso. O equipamento de monitoramento estava desligado.

Indagado sobre a situação, “Bill” negou ter participado do atentado a tiros. Ele disse que estava na casa da irmã e que não sabia de nada.

Preso, Cleverson de Araújo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Testemunhas relataram que um indivíduo armado desceu de um carro escuro e atirou em “Bil”, que caiu morto na rua

IML

Periciado, o corpo de “Bill” foi encaminhado para o IML – Instituto Médico Legal de Paranguá, onde passou por exames complementares.

Foi o 52.º homicídio registrado em Paranaguá, este ano. No litoral são 90 casos. Equipes da Polícia Civil estão investigando o crime

CARRO

O carro, possivelmente usado na execução de Cleverson de Araújo, foi incendiado no Jardim Iguaçu.
Populares acionaram a Polícia Militar logo após o assassinato e relataram que um veículo, Nissan Versa, cor preta, estava sendo consumido pelas chamas, em uma estrada de chão, atrás do pátio de triagem.

Equipes foram para o local e constataram o fato.

Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi até o endereço indicado e apagou as chamas. O carro foi completamente destruído pelo fogo.

O carro, possivelmente usado na execução de “Bil”, foi destruído pelas chamas, em uma estrada de chão, no Jardim Iguaçu

52.º HOMICÍDIO

Com a execução de Cleverson de Araújo sobe para 52 o número de homicídios registrados em Paranaguá, este ano. No litoral são 90 casos.

Parentes e testemunhas conversaram com policiais civis que estiveram no local do crime.
As equipes da PCPR já estão investigando a morte de “Bill”.

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.