conecte-se conosco

Polícia

Acusado de furto é agredido pelo primo no Jardim Samambaia

Gabriel Silveira, de 22 anos, apresentava ferimentos na cabeça. Ele foi atendido por socorristas do SAMU e encaminhado para a emergência do Hospital Regional, onde permanece internado.

Publicado

em

Equipes da Polícia Militar que realizavam patrulhamento de rotina pelo Jardim Samambaia, na noite de terça-feira, 22, por volta das 21h50, foram abordadas por uma idosa, de 71 anos, relatando um desentendimento entre seus netos.

A idosa contou que um dos netos, acusado de furto pelo primo, teria sido agredido. Ainda de acordo com a solicitante, a vítima foi deixada na região conhecida como Estrada Velha de Alexandra.

Com as informações repassadas, os policiais foram até a casa do autor das agressões, mas o rapaz o não foi localizado. O imóvel estava fechado.

Um popular, que percebeu a movimentação de viaturas na rua, se aproximou das equipes e disse que conversou com o agressor, momentos antes. O rapaz confirmou a situação e disse que tinha deixado o primo nas proximidades do Embocuí.

Viaturas intensificaram o patrulhamento na região indicada e conseguiram localizar a vítima. Gabriel Silveira, de 22 anos, apresentava ferimentos na cabeça. Ele foi atendido no local por socorristas do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e encaminhado para a emergência do Hospital Regional, onde permanece internado.

CADASTRO DE DESAPARECIDOS

Durante o registro da ocorrência, os policiais militares constataram que o nome da vítima estava registrado no cadastro de pessoas desaparecidas da Polícia Civil do Paraná.

A informação do desaparecimento de Gabriel foi registrada em janeiro de 2019, na cidade de Penha, em Santa Catarina.