Connect with us

Polícia

Mistério: Idosa é encontrada morta dentro de casa na Ilha dos Valadares

O corpo foi encontrado por uma amiga, dentro do banheiro

Publicado

em

Equipes do Samu e da Polícia Militar foram acionadas na manhã de segunda-feira, 10, por volta das 11h30, para atender uma ocorrência de achado de cadáver, na Ilha dos Valadares. 

No endereço indicado pela solicitante, na Rua Senhorinha Alves Maia, no bairro Vila Nova, socorristas e policiais encontraram o corpo de Marcionilia França Cunha, de 76 anos, caído no banheiro da residência. A vítima vestia apenas uma blusa e um casaco, e estava sem as roupas íntimas. A idosa tinha alguns ferimentos na região do rosto.

Revirado

Uma testemunha, que encontrou o corpo dentro da casa, relatou aos policiais militares que um guarda-roupas estava todo revirado e com as gavetas abertas. A mulher, que é amiga de Marcionilia França Cunha, contou que o celular da vítima e um aparelho de televisão não estavam na residência.

Quando as equipes de emergência chegaram ao local, encontraram várias pessoas dentro do imóvel, situação que pode atrapalhar a investigação do caso. 

A área onde o corpo foi encontrado ficou isolada até a chegada da Criminalística e da Polícia Civil. 

Após a perícia, o corpo de Marcionilia França Cunha foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde exames complementares serão realizados e devem apontar a causa da morte da idosa.

Investigação

A delegada da Polícia Civil, Dra. Maria Nyza Moreira Nanni, acompanhada de investigadores, esteve na casa onde o corpo foi encontrado e acompanhou o trabalho do perito. 

Ela relatou que devido ao local ter sido violado por populares, era difícil apontar uma única linha para a investigação e garantiu que a idosa pode ter sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Imagens de câmeras de monitoramento, instaladas na residência, podem ajudar a polícia na elucidação do caso.

Suspeito

Ainda no local, populares relataram que durante a madrugada, um veículo suspeito, de cor vermelha, ficou parado por algum tempo, na frente da casa.