Connect with us

Polícia

Ação conjunta apreende 240 quilos de cocaína no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá

Cocaína estava em sacos plásticos, dentro de caixas de papelão, com resmas de papel

Publicado

em

Equipes da SAVIG – Seção de Vigilância Aduaneira – da Alfândega da Receita Federal do Porto de Paranaguá e agentes da Polícia Federal apreenderam na tarde de segunda-feira, 23, cerca de 240 quilos de cocaína. O entorpecente estava escondido em uma carga de papel, que seria embarcada para o porto espanhol de Algeciras.


Tabletes com a droga foram embalados a vácuo, em grandes sacos plásticos com molho de mostarda

Fiscalização

A droga foi encontrada durante o trabalho rotineiro de monitoramento, rastreamento e fiscalização das cargas movimentadas no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá. Os agentes da SAVIG desconfiaram do material que estava sendo transportado no contêiner e resolveram abrir a estrutura. A cocaína estava em sacos plásticos, dentro de caixas de papelão, com resmas de papel.

Mostarda


Esta foi a 7.ª apreensão de cocaína este ano no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá

Os tabletes com a droga foram embalados a vácuo, em grandes sacos plásticos. Para despistar a ação de cães farejadores, frequentemente usados no trabalho de fiscalização, os traficantes colocaram molho de mostarda, dentro dos invólucros.

7.ª Apreensão

Esta foi a 7.ª apreensão de cocaína realizada no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá este ano.

A última aconteceu no dia 19 de março, quando cerca de 766 quilos de cocaína foram apreendidos. A droga estava escondida em uma carga de madeira, que seria enviada para o porto francês de Le Havre.

Ao todo, a equipe da SAVIG já apreendeu, em 2020, mais de duas toneladas de cocaína, durante as ações de fiscalização realizadas no terminal portuário.

Toda a droga apreendida é encaminhada para a sede da Polícia Federal em Curitiba, que segue com as investigações. 

Com informações e fotos da Receita Federal

Continuar lendo