conecte-se conosco

Litoral

Turistas do cruzeiro da MSC são recepcionados com “baterilha” e ritmo de Carnaval em Paranaguá

Mais de 1,2 mil passageiros foram recepcionados ao som da Escola de Samba União da Ilha, em Paranaguá

Publicado

em

Esta foi a 11.ª parada do navio Lírica em Paranaguá / Foto: SETU

Mais de 1,2 mil passageiros e tripulantes do cruzeiro da MSC foram recepcionados ao som da Escola de Samba União da Ilha, em Paranaguá, nesta sexta-feira, 9, aquecendo os tambores para o Carnaval do Litoral do Paraná. A “baterilha”, nome da bateria da escola, animou quem passou pela Arena Paraná, na Praça Mario Roque. O Trio da Madrugada também animou as pessoas ao som de MPB.

O local foi montado pela Secretaria do Turismo e a Adetur Litoral para recepcionar os turistas e oferecer pacotes turísticos pela região, mantendo estrangeiros e turistas de outros estados mais tempo no Paraná. 

Muitos turistas de outros países tiveram contato com o Carnaval pela primeira vez e gostaram do que viram. Antes de seguir seu passeio para conhecer Caiobá, Leonardo Manhele, morador de Santa Fê, na Argentina, trocou o tango pelas marchinhas na Arena Paraná.

“É minha primeira vez no Brasil e está sendo uma experiência incrível, adorei a música, que é muito animada”, disse.

“Eu adoro a alegria do brasileiro. Essa festa é muito divertida”, destacou Yanina Camino, moradora de San Francisco, também na Argentina. A paulista Marcela Matta Trevisani também se animou com a surpresa. “Quem é de fora não imagina que o Paraná tem um Carnaval animado”, complementou.

O venezuelano Juan Garcia, de La Guaida, enxergou mais que o Carnaval. Em viagem com a família e amigos, totalizando um grupo de dez pessoas, ele disse que gostou do estilo tradicional de Paranaguá, a cidade mais antiga do Estado.

“Me lembra muito a minha cidade natal, que também foi fundada há séculos. Conhecemos o centro histórico e também as praias do Paraná, que são muito bonitas”, disse.

“Eu adoro a alegria do brasileiro. Essa festa é muito divertida”, destacou Yanina Camino, moradora de San Francisco, também na Argentina. A paulista Marcela Matta Trevisani também se animou com a surpresa. “Quem é de fora não imagina que o Paraná tem um Carnaval animado”, complementou.

Fonte: AEN

plugins premium WordPress