Connect with us

Litoral

Tempestade e vendaval causam danos no litoral e deixam casas sem energia

208 equipes da Copel estão atuando para atender desligamentos de energia em Curitiba, Região Metropolitana e litoral

Publicado

em

Os fortes ventos e a tempestade que atingiram o Paraná nesta terça-feira, 30, deixaram milhares de residências sem energia e danificaram 385 casas no Estado. Os dados preliminares da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, atualizados às 18h, mostram que 1.879 pessoas foram afetadas pelos eventos climáticos em todo o Paraná, número que pode aumentar de acordo com a atualização. Em Paranaguá e municípios do litoral do Paraná, os ventos atingiram mais de 90 km/h, fenômeno climático que ocorreu em todo o estado.

“Os números serão atualizados conforme os municípios registrarem as ocorrências no sistema da Defesa Civil”, informa a Defesa Civil. Segundo o Simepar, as rajadas de vento chegaram a atingir 118 km/h no município de Laranjeiras do Sul, e em muitos locais a velocidade variou de 60 a 100 km/hora. “Em Curitiba, os ventos atingiram 97 km/h, o que deixou, até as 18h30 desta terça-feira, 193 mil unidades consumidoras sem energia elétrica, 22% dos clientes da Copel na cidade”, informa.

“A Copel mobilizou 208 equipes de eletricistas para atender desligamentos de energia em Curitiba, Região Metropolitana e no Litoral”, detalha a Defesa Civil.

Árvore caiu na Praça dos Leões

O município mais afetado até agora pelas tempestades no litoral foi Matinhos. Além disso, no Paraná, as cidades com mais prejuízos foram Bela Vista da Caroba, Candói, Clevelândia, Contenda, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Missal, Nova Prata do Iguaçu, Palmas, Piraquara e Santa Lúcia.

“Em Nova Prata do Iguaçu, 100 casas foram danificadas, deixando 40 pessoas desalojadas e afetando outras 400. Em Foz do Iguaçu também houve danos em 100 residências, afetando 800 pessoas. No município de Palmas, 12 pessoas estão desabrigadas, após os temporais danificarem 50 residências, o que afetou 200 pessoas”, finaliza a Defesa Civil.

SAMU Litoral e telefones para contato

A Central do SAMU Litoral está com o número de telefone 192 inoperante. Em caso de emergência os cidadãos da região devem entrar em contato pelos seguintes números: 193, 190 ou 99115-7489. As equipes estão também atendendo pessoalmente na base.

Com informações da AEN