Connect with us

Litoral

Prefeito pede agilidade e mais balsas para a travessia em Guaratuba

Roberto Justus reforça necessidade da construção de uma ponte

Publicado

em

Na sexta-feira, 23, em entrevista à Folha do Litoral News, o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus, comentou a situação atual do ferry-boat, sendo que usuários reclamaram nas últimas semanas em virtude da demora nas filas para acessar o serviço, algo que ocorreu após nova empresa ter assumido a gestão do transporte. A situação também foi abordada durante esta semana pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) e Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR). Segundo o gestor, o problema deve ser sanado com a utilização de mais balsas para agilizar a travessia, pois houve a redução de embarcações ocasionada pela troca da empresa que opera a travessia. Justus destaca que as filas e demanda contínua de veículos para acesso ao município reforçam a necessidade da construção da ponte de Guaratuba para alavancar o desenvolvimento do litoral paranaense.

“Analiso a questão do ferry-boat com muita cautela e preocupação. Eu tenho defendido sempre que a ponte é necessária para Guaratuba, não só por conta do período de temporada de verão, mas principalmente por conta do resto dos meses do ano que são imensa maioria. Essa dificuldade e situação que estamos passando mostram realmente que a demanda pela travessia da baía de Guaratuba é permanente, é para o ano todo, e um serviço mal prestado acaba causando muitos transtornos”, afirma o prefeito.

Necessidade de mais embarcações

Segundo o prefeito, o problema das filas ocorre pelo fato de as três embarcações que atualmente estão disponíveis para travessia da baía não darem conta da demanda de usuários. “Isso é algo sabido pelo próprio Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), que deu o prazo de 90 dias para que a empresa coloque mais duas balsas em operação. O problema é que 90 dias é muito tempo, então nós precisamos encontrar alguma forma para que essas duas embarcações possam começar a operar o quanto antes”, relata.

Prefeito afirma que DER-PR pediu para nova empresa trazer mais duas balsas para operação em Guaratuba em 90 dias. “O problema é que 90 dias é muito tempo, então nós precisamos encontrar alguma forma para que essas duas embarcações possam começar a operar o quanto antes”, relata (Foto: Arquivo – Jorge Woll – SEIL – AEN)

“Embora a prefeitura não tenha nenhuma participação neste processo, eu acredito que posso contribuir tentando uma aproximação com a empresa anterior que estava operando, para ver se a gente consegue, de repente, alugar balsas ou, até mesmo, para que a empresa sucedida venda as balsas para a empresa que assumiu a operação. Acredito que este é o único caminho, ou então conversar, exigir, ouvir a empresa que assumiu a operação e ver se ela tem condições de colocar essas outras duas balsas em operação dentro da maior brevidade possível”, afirma Justus.

Condições das balsas

Justus ressalta que em diálogo com o representante da nova empresa que opera o ferry-boat, foi repassado que as embarcações estão em plenas condições de navegabilidade, com certificados da Marinha do Brasil vigentes. “Além disso, não podemos esquecer que o processo licitatório previu a vistoria das embarcações pelas empresas licitantes. Então, a empresa vencedora não pode alegar que desconhecia a situação das embarcações”, informa.

“Volto a dizer, para o desenvolvimento de Guaratuba, por mais eficiente que seja o transporte por balsa, eu acho que não resolve. Nós precisamos da ponte se quisermos promover o desenvolvimento sustentável do litoral do Paraná, em especial de Guaratuba e Matinhos”, finaliza Roberto Justus.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.