conecte-se conosco

Litoral

Pescaria rende cerca de uma tonelada de tainha em Matinhos

Pesca está autorizada desde 1.º de maio

Publicado

em

Foto: Matinhos agora.

No domingo, 22, o perfil no Facebook “Matinhos agora” divulgou imagens de uma embarcação que chegou em Matinhos com cerca de uma tonelada de tainha (Mugil platanus), algo que chamou a atenção de moradores e turistas que estavam no município. A captura do pescado é autorizada e mais propícia de ocorrer em períodos mais frios, ou seja, entre o outono e o inverno. Desde o dia 1.º de maio, o Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento (MAPA), através da Secretaria  de Aquicultura e Pesca (SAP), autorizam a pesca de permissionamento de cerco/traineira.

“E começa a safra das tainhas por aqui, canoa chega agora com cerca de 1 tonelada da iguaria”, informa o perfil nas redes sociais. As fotos foram feitas no retorno de uma pescaria por parte de trabalhadores que atuam no Mercado dos Pescadores de Matinhos.

Perfil “Matinhos agora.” divulgou imagens da pescaria que viralizaram nas redes sociais (Foto: Matinhos agora.)

A Portaria n.º 611/2022 da SAP e MAPA criou a autorização de pesca especial temporária válida para a temporada de 2022, que foi concedida com base nos critérios e no resultado do processo seletivo do Edital de Seleção n.° 2. Esta autorização foi emitida para a modalidade de permissionamento de cerco/traineira, com validade entre 1.° de junho a 31 de julho de 2022. Além disso, para a modalidade de permissionamento de emalhe anilhado, está autorizada a pesca de tainha para o período entre 15 de maio a 31 de julho de 2022.

“A Autorização de Pesca Especial Temporária substituirá o Certificado de Registro e Autorização de Embarcação Pesqueira (RAEP) de origem, durante sua vigência”, detalha a portaria. A Portaria em questão estabelece uma série de parâmetros  no que tange às cotas de captura do pescado, monitoramento e controle, sanções administrativas impostas caso ocorra desrespeito à portaria, entre outras regras para cadastro de embarcações e outros itens. O documento pode ser acessado clicando aqui.