conecte-se conosco

Infraestrutura

Investimentos em empresa com Certificações Internacionais asseguram excelência no serviço de classificação do Pátio de Triagem em Paranaguá

16 mil caminhões foram recebidos no Pátio de Triagem entre 21 a 28 de maio

Publicado

em

Foto: Divulgação / Atexp

O Porto de Paranaguá, administrado pela empresa pública Portos do Paraná, é essencial para o escoamento da produção paranaense e brasileira, sendo o maior porto exportador de produtos agrícolas do país. Para que essa logística seja feita de forma eficiente e qualificada, é necessário que os caminhoneiros que trazem os produtos ao Porto sejam recebidos no Pátio de Triagem, onde a uma empresa atua no serviço de classificação desde outubro de 2021, com foco na qualidade, inovação, tecnologia, certificação, segurança e menor custo do serviço.

Investimentos

Um dos principais pilares da empresa é a segurança no trabalho. Com isso, desde o início das atividades no pátio de triagem, já foram investidos em segurança, aproximadamente cerca de R$ 220 mil.  Está sendo instalado um gerador de aproximadamente R$ 110 mil, com capacidade suficiente para garantir a produtividade, evitando transtornos de interrupção da classificação, por falta de energia.

Somando os investimentos em infraestrutura (como câmeras de monitoramento, iluminação, equipamentos/aparelhos voltados a coleta de amostras, equipamentos de análise das amostras) e gestão de pessoas, como capacitação do time com treinamentos, EPIs, entre outros, já foram investidos cerca de R$ 1,3 milhão para atuação em Paranaguá.

Movimentação no Pátio de Triagem

Segundo a assessoria da Atexp, desde a semana passada, o Porto de Paranaguá atualmente está vivendo o período de super safra. “Do dia 21 ao dia 28 de maio, o Pátio de Triagem recebeu mais de 16 mil caminhões, tendo um dia de movimentação recorde no dia 24 de maio, onde atingiram o número de 2.412 caminhões, batendo o recorde anterior do dia 02/04/2020, que era de 2.394 caminhões”.

Reconhecimento internacional da qualidade dos nossos produtos

A qualidade dos produtos agrícolas é um fator crucial para o sucesso das exportações de um país. No caso do Brasil, o corredor de exportação de soja, milho e farelo tem se destacado como referência internacional, graças à excelente qualidade desses produtos. Essa reputação positiva é corroborada pela certificação fornecida pela empresa contratada, líder mundial em serviços de teste, inspeção e certificação.

A classificadora é reconhecida globalmente por sua expertise e imparcialidade na avaliação de produtos e processos em diversas indústrias, incluindo o setor agrícola. Sua atuação no corredor de exportação do Paraná e do Brasil reforça a confiança dos compradores internacionais na qualidade dos produtos agrícolas brasileiros.

No que diz respeito à soja, o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores mundiais. A qualidade da soja brasileira é amplamente reconhecida, e a certificação realizada hoje, atesta que os padrões de produção, armazenamento e transporte são rigorosamente seguidos. Isso garante aos compradores internacionais a obtenção de um produto de alta qualidade, com características nutricionais ideais e livre de impurezas.

Da mesma forma, o milho produzido e exportado pelo Brasil também tem se destacado pela sua qualidade. Atende aos padrões internacionais de pureza, teor de umidade e outros critérios importantes. Isso contribui para a competitividade do milho brasileiro no mercado global e fortalece a imagem do país como um fornecedor confiável e de excelência.

Além disso, o farelo de soja, um subproduto importante na cadeia de produção da soja, também é reconhecido pela sua qualidade no corredor de exportação paranaense. A certificação garante que o farelo de soja seja produzido de acordo com os mais altos padrões de qualidade, atendendo às exigências nutricionais e sanitárias dos mercados internacionais.

O reflexo positivo da imagem do Paraná e do Brasil no exterior é indiscutível quando se trata da exportação de soja, milho e farelo embarcados pelo corredor de exportação da Portos do Paraná pela Associação dos Terminais do Corredor de Exportação de Paranaguá – ATEXP – que atua no Porto de Paranaguá, um dos maiores graneleiros da América Latina e um dos mais importantes centros de comércio marítimo do mundo. A qualidade certificada desses produtos é um diferencial competitivo importante, atraindo compradores de todo o mundo e garantindo relações comerciais sólidas e duradouras. Isso fortalece a posição do Paraná e do Brasil como potências agrícolas e impulsiona o desenvolvimento econômico do país.

Em alta