conecte-se conosco

Governo

Governador destaca vocações do Paraná em fórum com investidores em Nova York

Ele apresentou as iniciativas do Estado nas questões de trabalho, infraestrutura, desenvolvimento sustentável e investimentos privados.

Publicado

em

Foto: Jonathan Campos/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta terça-feira (14) do LIDE Brazil Investiment Forum New York, evento que reúne lideranças políticas e empresários brasileiros e norte-americanos em Nova York, nos Estados Unidos. Ele apresentou as iniciativas do Estado nas questões de trabalho, infraestrutura, desenvolvimento sustentável e investimentos privados. Também destacou ações educacionais que impactam uma rede de quase 1 milhão de alunos e deixou uma mensagem de solidariedade ao Rio Grande do Sul, que conta com apoio do Paraná em todas as esferas.

“Recentemente o Banco Central divulgou um estudo que mostra que o Paraná foi o estado que mais cresceu no ano passado, com 7,8% de expansão da atividade econômica. E fazemos isso com proteção ambiental. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) já divulgou um relatório que coloca o Paraná como referência global em sustentabilidade, isso mostra que estamos no caminho certo, e pode ser um caminho para o País”, afirmou.

Foto: Jonathan Campos/AEN

“Também conquistamos o status de ter a melhor educação do Brasil com um currículo com inovações metodológicas, com educação financeira, associativismo, empreendedorismo, oratória e programação, com 500 mil alunos nessas aulas, tornando o Paraná um berçário de TI. E isso tem auxiliado a trazer grandes investimentos. Recentemente uma das maiores empresas de tecnologia da Índia anunciou uma expansão para gerar 3 mil novos empregos em Londrina“, complementou.

Além disso, o governador destacou que o Paraná trabalha com as contas equilibradas e registrou em 2023 o maior superávit financeiro do País. “Estamos dentro do maior ciclo de investimentos da nossa história e com um grande programa de privatizações e concessões. Já fizemos isso com a Sercomtel, a Copel Telecom, a transformação da Copel em corporação, a concessão de quatro aeroportos, as PPPs de saneamento básico da Sanepar, antecipando a universalização, e as concessões rodoviárias do maior pacote da América Latina, com 3,3 mil quilômetros”, disse.

“Ainda vamos tirar do papel a Nova Ferroeste de Maracaju ao Porto de Paranaguá, com capacidade para movimentar 80 milhões de toneladas ao ano”, complementou.

Foto: Jonathan Campos/AEN

Ratinho Junior também afirmou que esse planejamento está calcado em duas vocações. “A primeira é que somos a central logística da América do Sul, estamos no centro de 70% do PIB da região, conectamos o Sul e Sudeste e Sul e o Centro-Oeste. E também somos o supermercado do mundo. Queremos transformar o paraná em uma grande agroindústria para vender com valor agregado. E tudo isso já está gerando resultados em novos investimentos e na geração de empregos, com quase 70 mil só nesse primeiro trimestre”, acrescentou.

AGENDA NOS EUA

Depois do evento, a comitiva do Paraná também participou de um encontro com investidores no escritório do Alvarez & Marsal, empresa global de consultoria com atuação em diversos ramos, como reestruturação de empresas, due diligence, consultoria fiscal e gestão de riscos. A agenda nos Estados Unidos ainda conta com participação no Valor Econômico Summit, do Valor Econômico Brazil-USA, e no Brazil and the World Economy, do BTG, também voltados a apresentar projetos paranaenses a investidores estrangeiros.

Fonte: AEN

Em alta

plugins premium WordPress