conecte-se conosco

Eventos

3.º Yacht Day e Festival de Choro movimentaram turismo em Antonina no fim de semana

Eventos aconteceram na Praça Feira Mar, baía de Antonina, Theatro Municipal e outros locais

Publicado

em

Fotos: Prefeitura de Antonina/Divulgação

O último fim de semana foi de calendário intenso de eventos turísticos em Antonina. O 3.º Yacht Day, que aconteceu na Praça Romildo Gonçalves Pereira (Feira Mar) e ao largo da Baía de Antonina no sábado, 20, e o 9.º Festival “É no Choro que eu Vou”, que ocorreu entre a sexta-feira, 19, e o domingo, 21, no Theatro Municipal, restaurantes e em diversos pontos do município, trouxeram turistas e foram uma opção de lazer aos moradores de Antonina.

Segundo a assessoria da Prefeitura, o Yacht Day foi organizado pela Biomar Marina e trouxe “uma oportunidade única de celebrar amizades, explorar a beleza da cidade e desfrutar de deliciosas iguarias locais”, completa. O evento contou com o apoio da Prefeitura de Antonina, assim como do Governo do Estado, pelo Viaje Paraná, e do Grupo Escoteiros do Mar, Grande Reserva Mata Atlântica e Clube Náutico de Antonina. “O Encontro Náutico recebeu turistas e a comunidade que puderam aproveitar com a família muita música, shows, cultura e a nossa gastronomia local”, detalha.

Calendário de eventos movimenta período de baixa temporada no litoral (Foto: Prefeitura de Antonina/Divulgação)

Festival do Choro 

Entre sexta-feira, 19, a domingo, 21, Antonina recebeu a 9.ª Edição do Festival “É no Choro que Eu Vou” que contou com a participação de músicos de várias regiões do Brasil. Segundo a assessoria, este é “um dos eventos mais importantes da música instrumental no Brasil que na sua 9.ª edição homenageou o centenário de nascimento de um dos maiores flautistas brasileiros de todos os tempos: Altamiro Carrilho”, complementa.

Festival “É no Choro que eu Vou” ocorreu da sexta-feira, 19, até o domingo, 21, em vários locais de Antonina (Foto: Prefeitura de Antonina/Divulgação)

“A flauta e os instrumentos de sopro foram protagonizados nesse encontro musical. Durante os três dias, o público pôde  participar de forma intensa de oficinas, rodas de choro e shows em vários pontos da cidade. As atividades foram gratuitas ou com ingresso solidário (um quilo de alimento não perecível)”, detalha. O evento percorreu o Theatro Municipal, em restaurantes e na Estação Ferroviária. “O festival surgiu no ano de 2015, com objetivo de divulgar o choro, Patrimônio Cultural do Brasil, pela iniciativa dos músicos curitibanos Clayton Rodrigues, Jonas Lopes, João Luis Rodrigues, Marcela Zanette e do designer gráfico Renato Próspero”, finaliza a Prefeitura de Antonina.

Com informações da Prefeitura de Antonina

Em alta

plugins premium WordPress