Connect with us

Educação

Cepe aprova propostas para criação de cursos de Enfermagem e Tecnologia em Gestão de Turismo

Publicado

em

Cepe

Propostas estão relacionadas à demanda de profissionais no litoral

Foram aprovadas, na sessão do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), realizada de forma remota na quinta-feira, 30, duas propostas para criação de novos cursos para o campus de Paranaguá. Apresentadas pelo Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CSA) do campus, as propostas são para criação do curso de Bacharelado em Enfermagem e do curso de Tecnologia em Gestão de Turismo.

De acordo com o professor Sebastião Cavalcanti Neto, diretor do CSA e integrante da comissão de estudos para implantação de novos cursos na Unespar, as propostas estão relacionadas à demanda existente no litoral do Paraná para formação de novos profissionais, em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Unespar.

Conforme destaca, a proposta para criação do curso de Enfermagem contou com o apoio do sistema público de saúde do litoral. “Com o advento da Covid-19, as universidades tiveram papel fundamental em apoio ao sistema público de saúde”, explica ao lembrar a participação da Unespar no Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Novo Coronavírus do Governo do Paraná. Segundo ele, devido à falta de profissionais, foram encontradas dificuldades para o preenchimento das 12 bolsas ofertadas para profissionais de enfermagem. “O litoral paranaense não conta com curso superior de Enfermagem e os interessados na profissão são obrigados a se deslocar diariamente ou se mudar para a capital do Estado”, justifica.

Já o curso de Tecnologia em Gestão de Turismo está alinhado à preocupação do desenvolvimento sustentável e visa a fomentar o setor na cidade no cenário pós-pandemia. “A nova realidade mundial também exigirá profissionais de Turismo para a retomada econômica do litoral, que tem na área sua principal fonte econômica”, reforça. “Se não tivermos profissionais com consciência no desenvolvimento sustentável corremos o risco de uma retomada desordenada, podendo desencadear novas pandemias no futuro”, complementa o professor. 

Aprovadas por unanimidade pelo Cepe, as propostas agora seguem para deliberação no Conselho de Administração e Finanças (Cad) e no Conselho Universitário (Cou) da instituição. Se aprovados nas instâncias internas, os cursos seguirão para análise do Governo do Estado, do qual dependem da autorização para entrar em funcionamento. O último curso criado no campus foi Engenharia da Produção, em 2018.

Fonte: Unespar