Connect with us

Editorial

Respeito: principal medida contra a Covid-19

A principal medida contra a Covid-19 é o respeito ao próximo. Nós, cidadãos, devemos respeitar os decretos vigentes de distanciamento social e higienização, algo que é uma demonstração de senso coletivo e humanitário

Publicado

em

Ao que antes assistíamos em filmes de ficção científica se tornou uma rotina diária nos noticiários e ruas com a pandemia do novo Coronavírus. Nessa realidade alarmante, o Brasil é o segundo País com mais casos e óbitos por Covid-19 no mundo, com Paranaguá e o litoral do Paraná registrando um aumento súbito de casos nos últimos dias, algo que demonstra que a crise sanitária está longe de ser superada sem a vacina. 

Independente de ações do Poder Público, a principal medida contra a Covid-19 é o respeito ao próximo. Nós, cidadãos, devemos respeitar os decretos vigentes de distanciamento social e higienização, algo que é uma demonstração de senso coletivo e humanitário. A curva da pandemia só será achatada se os cidadãos tomarem para si a responsabilidade da prevenção, a exemplo do que aconteceu em países como Itália e França, onde a comoção nacional e global fez com que o isolamento durasse por meses e a doença fosse controlada (não derrotada). 

Não é o momento de sair sem necessidade para as ruas. No último fim de semana foi perceptível no litoral um relaxamento em relação ao distanciamento pelas pessoas, inclusive com vinda de turistas de fora às praias. Quanto mais houver desrespeito ao isolamento social, menos a pandemia estará controlada e mais as coisas irão demorar para voltar ao “novo normal”. Matemática básica. 

“Mantras” de todo cidadão responsável durante a pandemia: se puder fique em casa, se sair use a máscara (corretamente), respeite o distanciamento social, higienize as mãos, tenha um olhar mais fraterno. A sua atitude irá refletir em quem está ao seu redor, seja para o bem ou para o mal.