Connect with us

Editorial

Pesquisa a favor da saúde

A pandemia e o isolamento social repentino têm ensinado muita coisa para as pessoas

Publicado

em

Alguns pesquisadores, entre eles parnanguaras, se reuniram para criar uma plataforma que pode ajudar a população em geral a identificar as áreas, bairros e cidades com maior risco de infecção pelo Coronavírus. Pela internet, os pesquisadores podem receber contribuições de todo o País para deixar a ferramenta mais completa e, assim, poder ajudar mais pessoas.

A novidade, como mostra a reportagem de hoje da Folha do Litoral News, prova que boas ideias quando ganham o embasamento da pesquisa acadêmica se tornam grandes aliadas na batalha por um bem comum, neste caso o enfrentamento a pandemia de Coronavírus.

A boa ideia neste caso partiu de pesquisadores de diversas áreas, como comunicação, tecnologia e medicina. A união de potencialidades e áreas de conhecimento distintas neste momento é imprescindível para que a sociedade mundial vença essa batalha. Este é um belo exemplo de que ninguém faz nada sozinho, principalmente, quando é preciso enfrentar uma doença com alto poder de infecção.

A pandemia e o isolamento social repentino têm ensinado muita coisa para as pessoas e, em especial para as crianças, pode ficar um grande legado. Com ampla divulgação do trabalho dos profissionais de saúde e do empenho de pesquisadores que se debruçam sobre maneiras de combater o vírus, essas pessoas se tornaram exemplos de profissionais e referências para as crianças. 

Que após a pandemia, as autoridades, assim como empresas e investidores, possam dar mais incentivo para a pesquisa no País para que essas crianças que vivenciam a pandemia hoje, se tornem os profissionais que ajudarão a salvar vidas e contribuir com o mundo de amanhã.