conecte-se conosco

Editorial

Os cuidados e a modificação na rotina mundial

Portanto, é tempo de descobrir novos caminhos e desfrutar a companhia da família.

Publicado

em

Desde que o Coronavírus passou a fazer parte da rotina vivida mundialmente, muito se alterou no cotidiano dos cidadãos. Em Paranaguá, como em tantas outras localidades do mundo, de um momento para o outro a cidade adotou um cenário novo: ruas vazias, comércios fechados, bem como outros estabelecimentos como bares, lanchonetes e afins.

E onde estão os parnanguaras? A grande maioria está em seus lares, seguindo a determinação das autoridades competentes a fim de se prevenir e controlar o tão temido Coronavírus.

As transformações na rotina foram, obviamente, inevitáveis, mas esse confinamento precisa ser encarado de forma racional tendo em vista a saúde física e mental de todos. O não poder, o sentir-se preso, mesmo que seja dentro de sua própria casa, mexe com a mente das pessoas, as quais de um momento para o outro podem ser acometidas por estresse, ansiedade e outros males tão cotidianos e contemporâneos.

Em virtude disso, é fundamental que cada cidadão busque meios de transformar a realidade vivida em algo produtivo. Para isso, é imprescindível que se use a criatividade e busque formas saudáveis de manter-se saudável. Dedicar-se ao aprendizado ou aperfeiçoamento nestes dias é uma boa saída, pois várias instituições estão dando essa possibilidade às pessoas disponibilizando cursos e palestras on-line e, claro, a essencial leitura, pois inúmeros sites colocaram à disposição do público uma infinidade de títulos a serem apreciados.

Outra forma de “driblar” a ociosidade é assistindo a filmes, ou mesmo colocando a conversa em dia com familiares. Além disso, há uma infinidade de jogos que estimulam a criatividade e o pensamento, os quais vêm bem a calhar neste período.

Uma dica importante a ser repassada é a necessidade latente de distrair um pouco a mente, a qual é “bombardeada” diariamente com um único assunto: a Covid-19.

Portanto, é tempo de descobrir novos caminhos e desfrutar a companhia da família. Quarentena sim, tédio, ansiedade, depressão… nunca!

Continuar lendo
Publicidade