conecte-se conosco

Editorial

Discutir a mobilidade urbana e implementar ações imediatas em prol da população

Logicamente que há diversos problemas a serem solucionados, entretanto, expor políticas públicas positivas, bem como quais argumentos técnicos para melhorias que devem ser feitas, é um caminho para a transparência e para uma mobilidade urbana mais inclusiva e com respeito aos impostos pagos por cada cidadão

Publicado

em

editorial

Discutir não significa brigar. Discutir pode e deve significar dialogar. Em um contexto democrático, as diferenças devem nos fazer mais fortes, trazendo opiniões diversas que podem formular uma decisão conjunta que traga o melhor para todos. Na terça-feira, 21, o 2.º Fórum Regional de Mobilidade, Infraestrutura e Desenvolvimento Sustentável  do Paraná, que aconteceu em Paranaguá, é um exemplo de evento que traz diferentes opiniões do setor público e privado para traçar um caminho em prol do bem comum, da sociedade, com soluções que permitam melhor qualidade de vida dos cidadãos, bem como para o contexto empresarial e governamental, com ações que incentivem o desenvolvimento econômico e de infraestrutura.

Prefeitos, representantes do Governo do Estado, empresários, lideranças sociais, advogados e outros atores, trouxeram para centenas de estudantes no evento “cases” no litoral sobre soluções que procuraram melhorar a mobilidade urbana nas cidades, com foco não somente na melhoria das estradas para carros, motos e caminhões, como também abrangendo a coletividade de modais de transporte, como o transporte público coletivo e o incentivo ao uso sustentável da bicicleta. Logicamente que há diversos problemas a serem solucionados, entretanto, expor políticas públicas positivas, bem como quais argumentos técnicos para melhorias que devem ser feitas, é um caminho para a transparência e para uma mobilidade urbana mais inclusiva e com respeito aos impostos pagos por cada cidadão.

É claro que falar sobre discussões e eventos que incentivem a dinâmica de propostas pode parecer algo longe de solucionar nossos problemas enfrentados diariamente nas vias de acesso aos municípios, na falta de segurança no trânsito, na coexistência com o tráfego pesado, entre outros diversos problemas que atingem a mobilidade urbana do litoral e de todo o Brasil. Entretanto, é desta maneira que é possível perceber soluções e fazer com que os gestores públicos as conheçam diretamente com a troca de diálogo, tudo isso em conjunto ao setor empresarial, que é essencial para o desenvolvimento local. 

Obras em andamento em Paranaguá e no litoral como a revitalização da Avenida Atílio Fontana, o início da construção da ponte de Guaratuba, o novo pedágio com a vinda de trincheiras e viadutos na BR-277, a engorda da orla em Matinhos, entre outras, nos mostram que o litoral passa por uma transformação mais do que necessária. Diversas melhorias estruturais urgentes estão sendo atendidas e há mais a ser feito. Cabe à sociedade e à imprensa não apenas cobrar, mas também estudar e se informar de forma técnica sobre o que é mobilidade urbana e como ela deve ser desenvolvida com foco na sustentabilidade, tudo isso de forma inclusiva, sem extremismos e com soluções práticas para os problemas da população. 

plugins premium WordPress