conecte-se conosco

Editorial

A retomada das festas

Essa retomada inclui muitos pontos positivos, mas é preciso que seja realizada com responsabilidade

Publicado

em

editorial

Neste ano, várias comemorações são realizadas após dois anos com restrições em função da Covid-19. Neste período, essa retomada ficou ainda mais evidente com a realização de festas juninas em Paranaguá. Além disso, nessa época do ano há as festividades que já são tradicionais devido ao aniversário da cidade.

Neste fim de semana, continua a Festa da Tainha, que iniciou na quinta-feira, 7, e segue até o dia 17 de julho, no Complexo Mega Rocio, com a participação de algumas comunidades pesqueiras que aguardam o evento para comercializar o prato típico da região. A tainha também é a atração da festa na Ilha do Mel, que chega a sua 28.ª edição, evento gastronômico que deve atrair muitas pessoas para a região.

Também acontece, no sábado, o Arraiá Solidário no Asilo São Vicente de Paulo, que arrecadará recursos para a própria entidade e para o Santuário de São Francisco das Chagas. Neste mês, também está programada a Festa de São Cristóvão, realizada pela comunidade da paróquia.

Ainda estão programados shows em comemoração ao aniversário da cidade durante este mês. Com a retomada das atividades após melhora dos indicadores da pandemia da Covid-19, o ano já está marcado por esses e outros eventos e comemorações, muitas já bastante tradicionais no município, e que possuem um papel importante para a integração da comunidade, para movimentar o turismo e para angariar recursos para entidades. 

Portanto, essa retomada inclui muitos pontos positivos, mas é preciso que seja realizada com responsabilidade. É importante que a população siga as recomendações para evitar a transmissão do vírus da Covid-19 e de outros que possam assolar a população. Dessa forma, os eventos cumprem seu papel e a saúde não sente os efeitos da grande movimentação de pessoas.

Publicidade






Em alta