conecte-se conosco

Economia

‘Indústria + Produtiva’ do Senai Paraná aumenta produtividade nas indústrias

Iniciativa estimula empresas e é fundamental para retomada da economia

Publicado

em

Empresas participam do programa Indústria + Produtiva do Senai Paraná

Para se manterem competitivas no mercado, as indústrias precisam criar estratégias que melhorem a produtividade e reduzam custos. Para auxiliar o setor industrial paranaense, o Senai Paraná oferece o programa Indústria + Produtiva, direcionado a empresas que queiram aprender técnicas para reduzir o desperdício e garantir melhores resultados em sua produção. As soluções são rápidas, de baixo custo e alto impacto.

Por meio da mentoria, é possível analisar a rotina da empresa, dados, comportamentos e gerar soluções. Em uma das empresas participantes do programa – Vêneto Gelato – o aumento da produtividade foi de 350%. “É um programa que eu indico a todos os industriários. Vale a pena, principalmente pelo suporte que o Senai Paraná oferece”, contou Rodrigo Alves, analista logístico da empresa.

Rafaela Takasaki Corrêa, diretora administrativa da Balas de Banana Antonina, lembra que o programa proporcionou melhorias em diversas áreas. A empresa atua há mais de 40 anos em Antonina, no litoral do Paraná. “Com a mentoria, a produção semanal, que era de 800 quilos de bala, passou a mil quilos. São quinze funcionários trabalhando diariamente na fábrica e alguns foram remanejados, provocando assim a otimização do tempo e maior produção”, detalha a empresária.

Parceria que gera empregos e inovação

O programa estimula empresas e indústrias a aumentarem a produtividade média em pelo menos 20%. Isso acontece por meio de melhorias rápidas apontadas pela mentoria durante um acompanhamento das atividades nas empresas. No total, são 12 semanas que totalizam 64 horas e as melhorias são realizadas por meio de alterações nos processos, que geram redução de desperdícios, entre outros benefícios.

Para Fabrício Lopes, gerente executivo de Tecnologia, Inovação e Responsabilidade Social do Sistema Fiep, o programa reflete em uma melhor economia do estado e melhor competitividade da indústria, que se traduz em mais empregos e em investimentos em inovação. “Nós criamos um círculo virtuoso, onde a indústria mais produtiva consegue economizar e assim tem uma margem melhor, pagando melhor os seus funcionários que acabam consumindo mais na região”, explica.

Quem pode participar?

Indústrias dos mais diversos segmentos, que tenham de 4 a 499 colaboradores podem aderir ao programa, que tem 80% do valor subsidiado, sendo que a empresa arca com o equivalente a R$ 2.400. Já as indústrias associadas aos sindicatos filiados ao Sistema Fiep, R$ 950.

Saiba mais sobre o programa Indústria + Produtiva em nosso site

Créditos: Mariana Facchini

Em alta