conecte-se conosco

Economia

Comércio em Paranaguá estará aberto neste fim de semana para as compras de Natal

No domingo, os consumidores poderão ir às compras das 10h às 18h

Publicado

em

O comércio em Paranaguá ficará aberto nesse fim de semana para atender os consumidores que estão à procura dos presentes de Natal. Com a proximidade da data, é hora de ir às compras e prestigiar o comércio local. No sábado, 18, as lojas estarão abertas das 9h às 20h e, no domingo, 19, das 10h às 18h.

Para os trabalhadores do comércio esse domingo será compensado pela segunda-feira de carnaval, quando não haverá expediente. Durante a semana, de 20 a 23 de dezembro, o comércio estará aberto das 9h às 22h.

Na véspera de Natal, no dia 24 de dezembro, o expediente será das 9h às 18h para quem ainda não tiver garantido o presente. A partir do dia 27 de dezembro de 2021, o horário volta ao normal. Na véspera de Ano Novo, no dia 31 de dezembro, as lojas estarão abertas das 9h às 16h.

Show de Prêmios

Este ano, o comércio local está novamente com a campanha Show de Prêmios. Podem participar todos os consumidores, pessoas físicas de qualquer idade, que realizarem compras nas lojas associadas. A cada R$ 30,00 em compras, um cupom é entregue para concorrer aos prêmios desta edição. 

Serão sorteados dois notebooks, duas bicicletas, dois smartphones, duas Smart TV LED e duas motos. O participante deverá preencher o cupom de forma legível e corretamente com dados pessoais, sendo permitidos apenas os dados de uma pessoa por cupom, colocando-o nas urnas instaladas nas lojas participantes até as 18h do dia 10 de janeiro de 2022. O sorteio será realizado no dia 14 de janeiro, às 15h, na Aciap.

Estimativa

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a expectativa é que a principal data comemorativa do varejo brasileiro, que tem representado 22% do total das vendas de dezembro nos últimos dez anos, movimente R$ 57,48 bilhões em faturamento, apresentando um crescimento de 9,8% em relação a 2020.

A entidade projeta que o ramo de hiper e supermercados será o destaque em movimentação financeira no período, representando 38,5% (R$22,11 bilhões) do volume total de vendas. Em seguida, devem aparecer estabelecimentos especializados na comercialização de roupas, calçados e acessórios (35,3% do total ou R$ 20,28 bilhões) e as lojas de artigos de uso pessoal e doméstico (13,2% ou R$ 7,60 bilhões).