conecte-se conosco

Direito & Justiça

Desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura toma posse como presidente do TRE-PR

Desembargador Fernando Wolff Bodziak é o novo vice-presidente e corregedor

Publicado

em

Foto: divulgação TRE-PR

Na tarde desta terça-feira, dia 1.o de fevereiro, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Tito Campos de Paula, conduziu a solenidade de posse da nova cúpula diretiva do Tribunal para o biênio 2022-2023.

Na cerimônia, o desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura assumiu a presidência e o desembargador Fernando Wolff Bodziak, a vice-presidência e corregedoria, no lugar do desembargador Vitor Roberto Silva.

Mesa de autoridades da cerimônia de posse

Desafios

Em seu discurso de posse, o desembargador Wellington Coimbra agradeceu aos familiares, amigos e colegas que fizeram parte de sua trajetória de vida e no Judiciário. “A missão que hoje assumo é inequivocamente desafiadora. Estaremos com volume extremado de demandas a serem enfrentadas e outro tanto do lado de fora a bater em nossa porta. Neste contexto, nos chama à responsabilidade os princípios constitucionais da eficiência e celeridade, os quais serão paradigmas da administração que queremos”, disse.

O novo presidente afirmou ainda que deseja a conjugação dos jurisdicionados, dos servidores e principalmente dos colegas da Corte. “Junto faremos, com a proteção divina, uma exitosa administração da Justiça Eleitoral do Paraná”, garantiu.

O desembargador Fernando Bodziak falou do desafio, diferente dos que teve ao longo de sua carreira, de atuar na Justiça Eleitoral do Paraná e manter a qualidade dos serviços prestados, sobretudo no momento atual, que demanda adaptação e aprendizado constante. Reforçou ainda a importância da democracia para assegurar que todas as vozes sejam ouvidas e para a promoção do bem de todos.

Despedidas

“Minha fala tem como tema central a gratidão”, sublinhou o desembargador Tito Campos, ao despedir-se do TRE-PR. Lembrou da conquista de, durante a pandemia, realizar uma eleição segura, que mobilizou 8 milhões de eleitoras e eleitores e 115 mil colaboradores em todo o Paraná. Destacou o papel do projeto Universidade Amiga da Justiça Eleitoral no engajamento de 90 mil mesárias e mesários voluntários e, por fim, desejou boa sorte à nova cúpula diretiva.

O desembargador Vitor Roberto Silva fez um breve balanço dos dois anos à frente da Corregedoria, ressaltando que não houve quebra de continuidade nas atividades mesmo durante a pandemia, inclusive com relação às correições. Também destacou a adoção nacional do INFODIP, Sistema de Informações de Óbitos e Direitos Políticos desenvolvido pelo TRE-PR; a atualização do código de normas; e a implantação de painéis de dados Business Intelligence, ressaltando, em todas as conquistas, a dedicação das servidoras e servidores.

Presenças

A cerimônia foi prestigiada por membros da Corte do TRE-PR e da cúpula diretiva do TJPR, presidentes e representantes dos três poderes, instituições públicas e sociedade civil, comandantes das forças de segurança, magistrados e magistradas de todo o Estado, familiares e convidados dos empossados, servidoras e servidores da Justiça Eleitoral e imprensa.

Cerimônia

A solenidade contou com a apresentação da Banda Fora da Pauta do TRE-PR, que executou o Hino Nacional ao vivo. Em homenagem à nova cúpula, apresentou ainda a canção Meu Paraná, de autoria de Palminor Rodrigues Ferreira, mais conhecido como “Lápis”. A brigada de incêndio do Tribunal também esteve presente no evento.

Biografias


Des. Wellington Emanuel Coimbra de Moura

  • Wellington Emanuel Coimbra de Moura, filho de Pierri Fidelis e Moura e de Maria de Lourdes Coimbra de Moura, nasceu no dia 14 de janeiro de 1962 em Porecatu (PR). É bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL).
    Aprovado em concurso público no ano de 1990 para o cargo de juiz substituto, judicou inicialmente na comarca de Cornélio Procópio e, posteriormente como juiz de direito, nas comarcas de Marilândia do Sul, Pato Branco, Cascavel e Londrina. Atuou em Curitiba como juiz de direito substituto em 2º grau.
    Foi diretor de planejamento estratégico da Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar), lecionou Técnica Estrutural de Sentença Criminal na Escola da Magistratura do Paraná, e Processo Penal, na Universidade do Norte do Paraná (UENP). É especialista em Direito Penal e Processo Penal pela UEL.
    Tomou posse como desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) no dia 10 de julho de 2014. Eleito em novembro de 2018, exerceu o cargo 1º vice-presidente no biênio 2019/2020.

    Des. Fernando Wolff Bodziak
  • Fernando Wolff Bodziak, filho de Hygino Celestino Bodziak e de Guiomar Wolff Bodziak, nasceu no dia 12 de outubro de 1963, em Curitiba (PR). É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), turma 1985.
    Aprovado em concurso público, ingressou na carreira da magistratura como juiz substituto, sendo nomeado em 8 de janeiro de 1989 para a comarca de Jacarezinho. Promovido a juiz de direito, a partir de 12 de setembro de 1989, judicou nas comarcas de Cândido de Abreu, Imbituva, Umuarama, Guarapuava, Ponta Grossa e Curitiba.
    Atua como membro da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA/PR) desde 1996, tendo sido designado como seu vice-presidente no período de 2007 a 2010. Em 28 de setembro de 2004, foi nomeado juiz do Tribunal de Alçada e, no dia 31 de dezembro de 2004, foi promovido a desembargador do TJPR.
    É membro da Amapar, da Associação de Magistrados e Promotores de Justiça, da Infância, Juventude e Família do Paraná e da Association Internationale des Magistrats de la Jonéss et de la Famile, sediada em Paris, e professor convidado da Escola da Magistratura do Paraná.
    Exerceu na Associação de Assistência Médica Hospitalar dos Magistrados no estado do Paraná – Judicemed/Amapar, os cargos de diretor administrativo e financeiro e de vice-presidente, nos biênios 2008/2009 e 2010/2011, respectivamente.
    Assumiu a 2ª vice-presidência do TJPR em 2014, completando a gestão. Eleito, assumiu a 2ª vice-presidência do TJPR em 2015 para o biênio 2015/2016.
    É presidente do CONSIJ/PR e do Observatório Interinstitucional De Direitos Humanos (OIDH/PR).

Registro

A cerimônia foi transmitida ao vivo pelo YouTube, onde está disponível na íntegra.

A cobertura fotográfica completa estará disponível nos próximos dias no Flickr do TRE-PR.

Fonte: TRE-PR