conecte-se conosco

Cultura

Inovador, fotógrafo retrata uma Paranaguá de mistério e ficção científica

Gabriel Galdino mostra locais comuns como cenários de suspense, ficção e HQs

Publicado

em

Foto: Gabriel Galdino/@paranagua.alternativa

Que Paranaguá é uma cidade linda, com história e natureza única através da sua baía, suas ilhas, casarios e ruas centenárias, todo mundo sabe, algo que rende imagens de beleza ímpar. Com tantos atrativos, fugir do senso comum para retratar Paranaguá é uma missão difícil, mas que foi aceita pelo fotógrafo Gabriel da Silva Galdino, de 22 anos, autor do perfil @paranagua.alternativa no Instagram que conta com mais de 5,6 mil seguidores. Com uso do celular e da criatividade, ele traz fotografias de cenários comuns da cidade como verdadeiros cenários de filmes de ficção científica, suspense e até mesmo trazendo heróis e personagens de histórias em quadrinhos (HQs).

“Sempre que via fotos da nossa cidade, ela era sempre retratada como cidade histórica, litorânea e berço do Paraná, e eu sempre pensei que Paranaguá vai além. Somado a isso, sempre fui fã de quadrinhos, ficção científica e histórias de mistério, então resolvi trazer esses elementos para as minhas fotos. Essa iniciativa nasceu por acaso em fevereiro de 2019, quando ao tirar uma foto no Terminal de Ônibus, percebi que poderia trazer esses elementos para as fotos da cidade”, afirma o fotógrafo.

Uso de celular e democratização da fotografia

De acordo com Galdino, ele classifica a utilização do do celular para fotografar e editar como “a prova viva de que a limitação do seu equipamento não é capaz de limitar a sua criatividade”, ressalta. “O equipamento é importante e influencia os seus resultados, porém, muitas vezes você não terá os melhores equipamentos a sua disposição, e é aí que sua criatividade será o fator decisivo para alcançar resultados espetaculares. O celular é uma ferramenta sensacional e prática, e muito mais fácil de carregar do que uma câmera profissional”, salienta.

“Quase todas as fotos que tenho na página são de momentos em que estava me deslocando para algum lugar, tirei o celular do bolso e tirei a foto. Acho que o maior legado da Paranaguá Alternativa é que fotografar e se expressar através da fotografia é possível para qualquer pessoa que tenha acesso a uma câmera, seja ela uma câmera profissional, ou a de um celular, desde que isso seja feito de coração e de forma sincera”, afirma Gabriel.

Edição e personagens

“Utilizar apenas o celular para fotografar e editar é a prova viva de que a limitação do seu equipamento não é capaz de limitar a sua criatividade”, afirma Gabriel (Foto: Gabriel Galdino/@paranagua.alternativa)

Diversas fotografias divulgadas contam com edições com personagens do cinema e HQs e trazem todo um tom lúdico, com uma mistura da realidade cotidiana com ficção. Segundo ele, a ideia surgiu naturalmente. “Há algum tempo, Paranaguá possuía luzes incandescentes nos postes, e quando anoitecia, especialmente nas noites de inverno, era inegável o tom mórbido e melancólico que cobria a cidade. Como sempre fui muito criativo, gostava de imaginar histórias nesses cenários, e quando alcancei um conhecimento razoável em fotografia e edição de imagens, resolvi trazer um pouco disso para as fotos”, explica. 

“Acho que é algo muito legal e inesperado ver esses personagens tão amados e conhecidos aparecendo em locais do nosso dia a dia e acredito que as pessoas se divertem muito acompanhando isso”, ressalta Galdino.

Chamar a atenção para a beleza de Paranaguá

Com talento e mistura da ficção e realidade, o fotógrafo afirma que o perfil e seu trabalho acaba chamando a atenção da população para a beleza da cidade. “O que faz uma cidade ser linda, é o quanto uma população é capaz de cuidar dela! Podemos ser uma cidade moderna, com LEDs coloridos e outdoors eletrônicos, sem deixar de lado a nossa história, nossos casarões, desde que reformados e sendo utilizados em favor da população, nossas ruas com paralelepípedos e cultura caiçara. É isso que quero mostrar! Uma cidade diferente das outras, uma cidade verdadeiramente amada e cuidada por seus habitantes, a cidade que é mãe do Paraná”, completa Gabriel.

Futuro

“Quanto ao futuro, gostaria muito de usar a cidade para algo além das fotos, como cenário para uma web série ou um short film, uma revista em quadrinhos ou algo assim. Creio que seria de grande proveito colocar a cidade em foco e até incentivar o turismo na região também”, explica o fotógrafo. 

Gabriel Galdino divulga seus trabalhos em duas páginas no Instagram: a Paranaguá Alternativa (@paranagua.alternativa) onde publica suas fotos da cidade, e a NOW Fotografias (@now.fotografias) onde divulga seus trabalhos fotográficos profissionais. “Para colaborar, basta acompanhar meu trabalho nas redes sociais, interagindo e apresentando sugestões e ideias para novas fotos”, finaliza.