conecte-se conosco

Cultura

Artista plástica Rita Coelho traz exposição “Ambiente, fauna e flora” ao Isulpar

Pintora e desenhista agradeceu à instituição de ensino por disponibilizar espaço artístico para exposição

Publicado

em

Foto: Divulgação

Na próxima terça-feira, 29, será aberta a exposição “Ambiente, fauna e flora” da artista plástica Rita Coelho que acontecerá no espaço artístico do Instituto Superior do Litoral do Paraná (Isulpar), em Paranaguá. Ela ficará aberta a todos os estudantes e população de segunda à sexta-feira nas próximas duas semanas no horário de funcionamento da instituição durante a manhã, tarde e noite. Pintora e desenhista, a artista parnanguara é autodidata e começou a desenvolver suas habilidades aos quatro anos de idade. A exposição da artista trará as riquezas naturais da cidade-mãe do Paraná, bem como a fauna e flora do Brasil e do mundo, em obras com técnica de óleo X tela, aquarela e desenhos realistas à lápis.

Rita Coelho já promoveu diversas exposições das suas obras, com destaque para a 1.ª Amostra de Desenho e Pintura em 1991 realizada pelo Grêmio Estudantil “Dival Vidal” onde garantiu a primeira colocação na mostra, bem como na inauguração do Saguão Cultural Emir Roth em 2001 realizado pelo Isulpar. Ela é autodidata, ou seja, nunca teve nenhuma aula que introduziu à produção artística, considerando seu talento como “obra de Deus”. “Aos 16 anos pintei o meu primeiro quadro, desde então eu venho pintando”, explica.

“É uma iniciativa exemplar da Isulpar, porque não temos um local próprio para divulgar a nossa arte e locais para expor quadros na cidade. A ideia do Isulpar de liberar um espaço particular para os artistas exporem a para a população ter contato com a arte eu acho algo extremamente louvável da parte deles. Incentiva a arte”, afirma a artista. “É mais uma oportunidade também para os alunos entrarem em contato com a arte, com a cultura. O que eu vou expor lá é baseado mais em Paranaguá”, detalha.

Autodidata, Rita faz obras trazendo belezas naturais de Paranaguá, bem como fauna e flora, classificando seu processo artístico como intuitivo e detalhista (Foto: Divulgação)

Rita Coelho afirma que as suas obras abrangem paisagens de Paranaguá como o Farol das Conchas na Ilha do Mel, praias do litoral, Santuário do Rocio, Rua da Praia, entre outros pontos da cidade, voltada mais à natureza, incluindo fauna e flora de todo o mundo, com tigres, girafas, corujas, flores. “Pensamos muito em um nome da exposição. Colocamos o tema como Ambiente, fauna e flora”, afirma a artista. Ela destaca a sua atuação artística com três técnicas, frisando que suas obras vão da pura inspiração e podem durar semanas para ficarem prontas. “Sou muito perfeccionista e detalhista. É muito intuitivo”, explica, frisando também técnicas como a Aquarela que é mais solta e o detalhismo do desenho a lápis para chegar o mais perto possível da realidade.

“Convidamos todos os parnanguaras a irem até o Isulpar conhecer um pouco desta arte, mergulhar neste mundo da cultura, despertar o gosto pela arte, até mesmo o dom, para quem sabe estimular novos artistas em Paranaguá”, afirma Rita Coelho, destacando a necessidade de haver mais valorização cultural em Paranaguá, incluindo os próprios artistas da cidade. Ela salienta a importância de levar exposições culturais a locais com grande circulação de pessoas para trazer a cultura para mais perto de todos, agradecendo o apoio do Isulpar por liberar o espaço da instituição para divulgar suas obras à população e acadêmicos.