Connect with us

Coronavírus

Trabalho realizado pela Portos do Paraná é destaque estadual

Entidades do G7 parabenizam gestão da empresa pública (Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)

Publicado

em

As entidades que integram o G7, grupo de entidades representativas do setor produtivo paranaense, encaminharam um voto de louvor para a gestão da empresa pública Portos do Paraná, em razão das ações adotadas para prevenção da Covid-19. O documento foi direcionado ao diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, e destaca também a continuidade das operações, permitindo a manutenção das atividades nas indústrias.

“Nesse momento, que o mundo sofre com o Coronavírus, em especial o Brasil e o Paraná, a normalidade do trabalho dos portos tem sido fundamental para manter as exportações, cumprindo assim com os contratos de exportação com o embarque de produtos, permitindo a manutenção das atividades das indústrias e exportadores, especialmente de produtos do agronegócio”, descreve o documento assinado pelo coordenador do G7, José Roberto Ricken, e demais representantes das entidades.

Economia

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac e vice-governador do Paraná, Darci Piana, lembrou da importância da manutenção dos serviços da Portos do Paraná
(Foto: AEN)

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR e vice-governador do Paraná, Darci Piana, afirmou que além das melhorias que o Governo já havia feito no porto, esse investimento em saúde garante o pleno funcionamento e a manutenção das operações necessárias para a economia.

“O atendimento em saúde está sendo feito não só para os trabalhadores internos, mas também para motoristas e demais profissionais que precisam passar pelo local. Isso é fundamental para a manutenção das atividades para atender o comércio, indústria, agricultura e saúde, que nesse momento tem demandado muitas cargas necessárias ao combate à pandemia”, declarou Piana.

Agronegócio

“Os terminais portuários seguem a todo vapor garantindo que nossos produtos cheguem no prato de milhões de pessoas ao redor do mundo”, afirmou o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette
(Foto: Divulgação Sistema FAEP)

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, destacou que as medidas adotadas revelam o respeito que a empresa pública possui com o agronegócio.

“Os administradores dos Portos do Paraná demonstraram que têm compromisso com os milhares de empregos e riquezas geradas pelo campo paranaense. Assim como os agricultores e pecuaristas seguem firme na sua missão de alimentar o mundo, os terminais portuários seguem a todo vapor garantindo que nossos produtos cheguem no prato de milhões de pessoas. A cadeia produtiva do agronegócio é um mecanismo que funciona em perfeito equilíbrio e todas as engrenagens precisam estar alinhadas para seguirmos em frente e garantirmos a superação dessa crise pela qual estamos passando”, destacou Meneguette.

Portos agradecem reconhecimento

“Os votos recebidos pelo G7 nos indicam que estamos no caminho correto, e não esmoreceremos frente ao enorme desafio que nos foi posto”, afirmou o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia
(Foto: Portos do Paraná)

O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, agradeceu o reconhecimento do G7. “Sabemos da importância da atividade portuária para a indústria e o agronegócio paranaense e brasileiro, bem como toda a cadeia logística. Os produtos precisam ser escoados. Além disso, a nossa atividade portuária é principal fonte de emprego e renda de milhares de pessoas, e faz parte da nossa missão,  estimular cada vez mais os excelentes níveis operacionais alcançados, proteger a saúde e vida de todos os trabalhadores que fazem isso ser possível”, observou Garcia.

Segundo ele, manter os portos de Paranaguá e Antonina operando normalmente durante a pandemia é um desafio que só é possível superar graças aos esforços de toda comunidade portuária. “Os Portos do Paraná ofereceram a estrutura adequada de atendimento, porém a conscientização e o engajamento de todos foram absolutos. As medidas e cuidados em prol da saúde vem sendo adotados desde janeiro, antes mesmo da Covid-19 ser considerada como pandemia mundial, e entendemos como essenciais para que trabalhadores se sintam seguros para continuar com as suas atividades. A garantia de um ambiente higienizado, com atendimento médico primário 24 horas, é fundamental para a tranquilidade dos profissionais e suas famílias”, disse Garcia.

Recentemente, também foi iniciada uma ação com caminhoneiros, que enfrentam dificuldade para encontrar lanchonetes e restaurantes abertos nas estradas. Desta forma, eles têm recebido um kit alimentação e podem continuar escoando os produtos até o Porto de Paranaguá.

“Os votos recebidos pelo G7 nos indicam que estamos no caminho correto, e não esmoreceremos frente ao enorme desafio que nos foi posto. Seguiremos com o empenho redobrado, seguindo as orientações do governador Ratinho Júnior, para que os Portos do Paraná continuem ofertando seus serviços, com qualidade e segurança à logística do nosso País”, concluiu o diretor-presidente da Portos do Paraná.

Entidades que integram o G7

Fazem parte do G7: a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Fecoopar), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar) e Associação Comercial do Paraná (ACP).