Connect with us

Coronavírus

Hospital Regional registra mais dois óbitos por Covid-19

Pacientes eram de Fazenda Rio Grande e Paranaguá

Publicado

em

No domingo, 28, duas mulheres, de 64 e 62 anos, faleceram em decorrência de complicações causadas pela Covid-19 no Hospital Regional do Litoral (HRL), em Paranaguá. As pacientes estavam internadas na Ala Covid, eram moradoras em Fazenda Rio Grande e Paranaguá e faziam parte do grupo de risco da doença.

A paciente de 64 anos, que residia em Fazenda Rio Grande, estava em Guaratuba e, por isso, foi encaminhada ao HRL. Ela deu entrada no domingo, 28, e já tinha realizado o teste rápido, no qual foi confirmada a doença.

Segundo informações do HRL, há cinco dias ela apresentava febre, tosse seca, dificuldade de respirar, diarreia e vômitos. A paciente fazia parte do grupo de risco para a Covid-19, já que tinha algumas comorbidades como asma, diabetes e obesidade. Ela ficou internada na Ala Covid em cuidados avançados até falecer por volta das 8h no domingo.

O segundo óbito registrado pelo HRL ocorreu na tarde de domingo, 28, quando a Prefeitura de Paranaguá apresentava o novo decreto com medidas preventivas ao Coronavírus. Trata-se de uma mulher de 62 anos, moradora em Paranaguá, que também fazia parte do grupo de risco, por ser cardiopata, diabética e paciente renal crônica. Ela teve confirmação da doença na sexta-feira, 26.

Boletim do Hospital Regional

De acordo com o boletim, divulgado pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar do HRL, até a manhã de segunda-feira, 29, nove pessoas estavam internadas na Ala Covid, que possui 10 leitos. Todos recebem cuidados avançados, sendo cinco deles com a confirmação da doença e quatro aguardando o resultado dos exames.

Além desses pacientes, um segue internado em cuidados intermediários (ainda em investigação) e outros cinco estão no Pronto Socorro, também aguardando o resultado dos exames.

Somente em relação à pandemia da Covid-19, até a segunda-feira, 29, o HRL avaliou 737 pacientes, sendo 630 casos descartados, 48 que estão em investigação e 59 confirmados.