Connect with us

Coronavírus

Governador determina corte de 30% na remuneração do primeiro escalão

Dinheiro será destinado integralmente ao Fundo de Combate à Pobreza (Foto: Arnaldo Alves/AEN)

Publicado

em

O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou nesta quinta-feira, 16, uma redução de 30% do próprio salário. A medida vale também para o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado, controlador-geral do Estado, superintendentes e diretores da Agência Reguladora do Paraná (Agepar). É mais uma ação voltada à redução dos reflexos da pandemia do novo Coronavírus.

O corte vai atingir 32 servidores, representando uma economia de aproximadamente R$ 226 mil por mês. O dinheiro será destinado integralmente ao Fundo de Combate à Pobreza do Estado para financiar ações contra a Covid-19 e também ajudar nos efeitos econômicos e sociais da crise. A medida vale enquanto durar a pandemia.

De acordo com a Casa Civil, para evitar um efeito cascata em diversos salários, incluindo também representantes dos demais poderes, o corte será feito por meio de desconto em folha, sem a necessidade de uma regulamentação específica.

Atualmente, a remuneração do governador é de R$ 33,7 mil, teto no Paraná. Por lei, o o salário do vice e dos secretários é fixado em 95% e 70% desse valor, respectivamente.

Com a medida em vigor, o governador passa a receber cerca de R$ 23,6 mil – desconto de R$ 10,1 mil. O vice-governador R$ 22,4 mil; secretários, controlador-geral e diretores R$ 16,5 mil; e superintendentes R$ 15,1 mil.

CONGELAMENTO

Também por determinação do governador Ratinho Junior, o salário do primeiro escalão do governo está congelado desde o ano passado. A lei que estabeleceu a medida foi sancionada em julho e vale até dezembro de 2022.

A decisão impediu a aplicação automática de um reajuste de 16,38% concedido pelo Senado Federal aos ministros do Superior Tribunal Federal (STF) no final de 2018 e que teria reflexos no Governo do Estado, uma vez que a lei paranaense que rege o subsídio do governador está atrelada ao salário dos magistrados da corte, que alcançou R$ 39.293,32.

Fonte: AEN

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.