conecte-se conosco

Coronavírus

Com ampliação da dose de reforço para adolescentes, litoral deverá receber mais vacinas nesta semana

Vacina para aplicação de reforço deverá ser a da Pfizer

Publicado

em

A 1.ª Regional de Saúde (1.ª RS) de Paranaguá, responsável pela distribuição de vacinas contra a Covid-19 aos sete municípios do litoral do Paraná, deverá receber mais imunizantes na quarta-feira, 1.º, segundo o que informa o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Na segunda-feira, 30, a Sesa autorizou a aplicação de doses de reforço em adolescentes de 12 a 17 anos em todo o Paraná, o que aumentará a demanda no uso de vacinas contra o Coronavírus e poderá gerar a necessidade de repasse de mais imunizantes. 

“Após receber a nova orientação do Ministério da Saúde (MS), a Sesa replicou a informação para as Regionais de Saúde. A secretaria solicitou aos municípios que confiram os estoques disponíveis da vacina da farmacêutica norte-americana, e, aqueles que precisam de mais doses, devem oficializar o pedido para o Estado até segunda-feira, 30. O novo envio de vacinas será realizado na quarta-feira, 1.º “, informa a assessoria da Sesa. 

Segundo a pasta estadual, a autorização da aplicação da terceira dose em adolescentes ocorre por meio da Nota Técnica n.º 35/2022 do Ministério da Saúde (MS) enviada ao Estado na última sexta-feira, 27, recomendando a aplicação desta etapa vacinal no público-alvo em questão. De acordo com o documento do Governo Federal “existe uma tendência de redução da efetividade das vacinas contra a Covid-19 com o passar do tempo e, por este motivo, deve-se utilizar os imunizantes disponíveis para garantir doses de reforço para todos os indivíduos elegíveis”, completa. 

Com a nova orientação, se muda uma diretriz anterior que estabelecia a aplicação da dose de reforço (DR) apenas em pessoas acima de 18 anos. A Sesa pede para que os municípios, incluindo os sete municípios do litoral, se organizem para imunização dos adolescentes. “Precisamos que os municípios continuem seguindo as orientações e principalmente reforçando ações de vacinação para atingirmos o maior número de pessoas possíveis. A vacinação é nossa maior ferramenta no combate à doença”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, César Neves.

Uso da vacina da Pfizer ou CoronaVac

A orientação do Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid), estabelece que, com relação à imunização de adolescentes, a vacina recomendada “deve ser da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer), independente da vacina utilizada anteriormente”, acrescenta. “Se houver indisponibilidade da Pfizer, a vacina inativada CoronaVac também poderá ser utilizada. A aplicação deve ser realizada após quatro meses da última dose do esquema vacinal primário”, detalha. 

Número de adolescentes vacinados no litoral

De acordo com o Vacinômetro da Sesa, até às 8h10 da manhã da terça-feira, 31, com relação à população dos sete municípios do litoral, região que conta com a cobertura da 1.ª RS de Paranaguá, 273.506 pessoas tomaram a primeira dose e 250.943 a segunda dose ou a dose única. 127.903 cidadãos na região receberam a aplicação da dose de reforço. Além disso, 13.063 tomaram a quarta dose da vacina contra o Coronavírus. Ao todo, 665.415 doses já foram aplicadas entre todas as etapas vacinais na região.

Com relação à vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos no litoral, os dados informados pela Sesa foram atualizados até às 16h25 do dia 25 de maio. Neste público-alvo, 25.967 pessoas receberam a primeira dose e 19.490 a segunda dose. 

Com informações da Sesa