Connect with us

Coronavírus

Aulas na rede municipal de Paranaguá não tem data para retorno

Sobre o ano letivo de 2020, a Semedi afirma que a situação está sendo discutida entre profissionais e comunidade escolar (Foto: Prefeitura de Paranaguá)

Publicado

em

Atividades on-line estão disponíveis aos alunos 

Na segunda-feira, 20, a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Educação e Ensino Integral (Semedi), divulgou que ainda não há data definida para o retorno das aulas da rede municipal, que estão paralisadas desde o dia 17 de março devido à pandemia do novo Coronavírus. Enquanto as aulas estão paralisadas, a Semedi está disponibilizando atividades complementares de forma on-line no site da Prefeitura de Paranaguá aos alunos do 5.º ano, bem como distribuindo kits de alimentação para cerca de 6 mil famílias de alunos em situação de vulnerabilidade social.

“Estamos seguindo as determinações de segurança da prefeitura e recomendações do profissionais de saúde, desta forma, ainda não temos uma data exata para o retorno às aulas”, explica a Semedi.”Estamos publicando no site da prefeitura semanalmente atividades complementares aos alunos desde a Educação Infantil ao 5.º ano das séries iniciais. São atividades planejadas pela Equipe Pedagógica da Secretaria de Educação e que contemplam o Currículo Municipal e contemplando a Base Nacional Comum Curricular”.

Ano letivo

Sobre o ano letivo de 2020, a Semedi afirma que a situação está sendo discutida entre profissionais e comunidade escolar. “Temos feito algumas reuniões on-line com a Equipe e Conselho Municipal para traçar o planejamento do retorno do ano letivo, quando for permitido e em segurança para nossos profissionais e crianças, porém, aguardamos as orientações do Ministério de Educação e Conselho Nacional de Educação”, acrescenta a Secretaria de Educação.

Kits de alimentação

Uma preocupação da Semedi foi com a alimentação dos alunos em situação de vulnerabilidade social durante a paralisação das aulas. “Existem dois movimentos na distribuição dos Kits de Alimentação que estão sendo entregues: o primeiro é para todas as famílias cadastradas no Programa Bolsa Família e com a criança matriculada em nossas instituições e o segundo para as famílias que estão em situação de vulnerabilidade, essas o responsável pela criança deve comparecer à instituição que o aluno estuda e se autodeclarar em vulnerabilidade para a diretora e a partir desse momento a família entra na listagem para receber o kit”, detalha a assessoria, ressaltando que cerca de 6 mil famílias estão recebendo o benefício em Paranaguá.