conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Sesa confirma mais 54 casos de Dengue no litoral do Paraná

No Paraná foram mais 876 casos da doença e nenhum óbito

Publicado

em

Foto: Sesa

Na terça-feira, 5, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou o informe epidemiológico da Dengue n.º 15, que compreende o novo período sazonal da doença, que vai de julho deste ano até agosto de 2024, de acordo com o calendário epidemiológico definido pelo Ministério da Saúde.

Conforme consta nos dados técnicos, neste boletim o litoral paranaense registrou 54 novos casos de Dengue, doença causada pelo mosquito Aedes aegypti. A região litorânea registra, então, os casos de pessoas infectadas e de casos suspeitos neste novo período de monitoramento, em 2023.

Além disso, o boletim estadual apresenta outras informações de notificações, casos suspeitos e óbitos da doença.

LITORAL

No informe divulgado pela Sesa, o litoral contabiliza 326 casos de Dengue, sendo Paranaguá (273); Antonina (18); Guaratuba (16); Pontal do Paraná (12) e Matinhos (7). Os municípios de Morretes e Guaraqueçaba não confirmaram novos casos neste período epidemiológico da doença.

Segundo a Sesa, Paranaguá é a terceira cidade do Estado com o maior número de casos confirmados de dengue, com 273 no total. Além disso, o município registra 337 notificações, 41 casos descartados, 19 casos suspeitos e nenhum óbito.

O litoral do Paraná tem 39 casos em investigação da doença, sendo Paranaguá (19); Guaratuba (9); Pontal do Paraná (3); Morretes (3); Antonina (2); Matinhos (2) e Guaraqueçaba (1).

Em relação a Chikungunya, não há confirmações nos municípios que compõem a 1.ª Regional de Saúde.

“DIA D”

“Definimos a data do primeiro Dia D de mobilização contra a dengue no Litoral, que ocorrerá de forma simultânea em todos os municípios da regional no dia 13 de dezembro”, destacou a diretora da 1.ª RS de Saúde de Paranaguá, Carmen Moura.

PARANÁ

O boletim semanal da dengue publicado na terça-feira, 5, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) registra 876 novos casos da doença. O Paraná registra agora 4.398 casos confirmados e outros 6.267 estão em investigação.

O boletim não confirma nenhuma morte pela doença nesta semana, portanto o Estado segue com um óbito neste período epidemiológico, que teve início em 30 de julho e segue até julho de 2024.

As 22 Regionais de Saúde possuem casos confirmados, sendo que a maioria dos casos estão registrados na 17.ª RS de Londrina (871), 15.ª RS de Maringá (754), 14.ª Regional de Paranavaí (524), 1.ª RS de Paranaguá (326) e 16.ª RS de Apucarana (287).

Quanto aos municípios, dos 399 existentes no Estado, 216 possuem casos confirmados. Londrina, com 768 casos, e Maringá, com 545, registram o maior número de confirmações.

O boletim traz ainda 296 casos notificados de chikungunya, sendo que 21 foram confirmados. Em relação ao Zika Vírus, o informe apresenta 29 casos notificados e nenhum confirmado.

Com informações da Sesa

plugins premium WordPress