Connect with us

Ciência e Saúde

Paranaguá realiza “Dia D Municipal de Vacinação contra a gripe” no sábado

Campanha nacional de vacinação contra a gripe irá até o dia 5 de junho, segundo Ministério da Saúde (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Publicado

em

Além de imunização contra Influenza, cidadãos poderão atualizar calendário vacinal de rotina

No sábado, 9, a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap), realizará o “Dia D Municipal de Vacinação” contra a gripe no município. A imunização faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, e, além do combate à Influenza, abrangerá a atualização do calendário vacinal de rotina da população. 

De acordo com a assessoria da Semsap, alterações na Campanha Nacional de Vacinação foram informadas pelo Ministério da Saúde nesta semana, sendo que a terceira fase de imunização contra o Influenza acontecerá a partir da segunda-feira, 11, e não mais no sábado, 9, como era previsto inicialmente. Entretanto, o município manterá a realização de um “Dia D” no sábado em Paranaguá. 

“A vacinação ocorrerá nas unidades de saúde com exceção das unidades Norberto, na Ilha dos Valadares e na Serraria do Rocha. Além desses locais, haverá aplicação na Praça Ciro Abalém, na Ilha dos Valadares e na Vila Santa Maria, esta última com o “Vacina Móvel” em frente à Casa Pastoral”, informa o município. 

Quem pode se vacinar

De acordo com a pasta, podem se vacinar contra a gripe todas as pessoas pertencentes ao público-alvo desta terceira fase da campanha, entre eles estão pessoas com deficiência, professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mães no pós-parto até 45 dias e pessoas de 55 anos a 59 anos de idade. “Também podem ser imunizados aqueles que fazem parte das etapas 1 e 2 e que ainda não se vacinaram”, informa a assessoria.

Com a inclusão de todas as fases, podem se vacinar também neste Dia D: idosos acima de 60 anos, profissionais da saúde, indígenas, portuários, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivos, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento; pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Vacinação móvel acontecerá em Paranaguá (Foto: Prefeitura de Paranaguá)

“Com relação às vacinas de rotina, são voltadas a todas as pessoas, adultos e crianças que precisarem atualizar a carteirinha de vacinação para não ficar com vacinas em atraso. Para se vacinar contra a gripe, o cidadão deve ir a um dos locais informados portando documento de identidade e Cartão SUS. No caso de doentes crônicos, é preciso também uma prescrição ou receita médica que comprove a doença”, afirma a assessoria, destacando a necessidade de levar os documentos e a carteirinha de vacinação, para atualizar as doses que estão faltando. 

Coronavírus

A campanha foi iniciada em 23 de março e seguiria até o dia 22 de maio, porém, o Ministério da Saúde estendeu o prazo até o dia 5 de junho. De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Maristela Cerqueira, “a vacinação contra a gripe é realizada anualmente. Desta vez a campanha foi antecipada em virtude da pandemia do Coronavírus auxiliando no diagnóstico do paciente. Pois facilita na identificação dos sintomas por eliminação já que o médico saberá que a pessoa com suspeita da nova doença já tomou a vacina contra gripe”. 

“É importante lembrar que a gripe também pode ocasionar complicações respiratórias e agravamento do quadro, por isso, independente deste momento de prevenção ao Coronavírus, é relevante que todas as pessoas que fazem parte do público-alvo sejam vacinadas e também se protejam dessa doença”, finaliza Maristela.