Connect with us

Ciência e Saúde

Médico fala sobre a importância dos cuidados com a saúde do homem

Publicado

em

Saúde do homem

Sylvio Francisco Mendes Truppel, médico urologista, especialista em urologia e medicina do trabalho, foi perito concursado do INSS, onde exerceu a função por dez anos.  É formado em Direito pelo Isulpar, tendo prestado a prova da OAB, sendo o primeiro aluno a ter a carteira de advogado pela instituição. Atende em Paranaguá desde 1982. Confira a entrevista com Dr. Sylvio Truppel, na qual ele fala do Novembro Azul e os cuidados com a saúde do homem:

O que o senhor poderia falar sobre o movimento Novembro Azul? 

Dr. Sylvio Truppel: Inicia neste mês o Novembro Azul, que é o nome dado a um movimento internacional criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) há alguns anos com o objetivo da conscientização a respeito do câncer de próstata. Essa iniciativa é voltada à sensibilização dos homens sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Dos tipos de câncer, o de próstata é o sexto mais comum do mundo, mas é aquele que mais afeta os homens a partir dos 60 anos, daí a importância de se fazer um diagnóstico precoce. Existem vários meios rápidos e eficazes de se fazer esse diagnóstico e, quando descoberto precocemente, existe a possibilidade da cura total através de cirurgia. Então, dessa forma, em novembro, os homens são encorajados a tomar medidas preventivas, ou fazer o exame da próstata, que é composto basicamente pelo toque retal e o exame de sangue, conhecido como PSA, esse último, a partir do começo da década de 90, veio a compor o arsenal médico para o diagnóstico precoce desse câncer que tanto aflige os homens. 

Um estudo, realizado recentemente pela Organização Mundial de Saúde, diz que nas próximas décadas a hiperplasia prostática benigna, ou seja, crescimento benigno da próstata, atingirá 80% dos homens com mais de 50 anos, portanto, em futuro bem próximo.

O senhor poderia explicar sobre os sintomas decorrente desta doença?

Dr. Sylvio Truppel: Vamos falar um pouco da sintomatologia. Noites mal dormidas a partir de 50, 60 anos, de tanto levantar para ir ao banheiro urinar, não se consegue um sono verdadeiro, um repouso adequado. Você fica acordando de duas em duas ou de três em três horas para urinar e isso acaba com a qualidade de vida de qualquer pessoa, principalmente do homem. Ida com frequência para urinar ao longo do dia, também interrompe o tempo todo com as atividades de rotina, você está trabalhando de repente sente aquela vontade de ir ao banheiro e assim por diante, e sente aquele desconforto terrível para urinar, como se alguma coisa estivesse obstruindo a saída da urina, apresentando um jato urinário fraco, às vezes em gotas. 

 Segundo autoridades médicas, este problema, hoje em dia, atinge 25% dos homens, na faixa de 40 a 49 anos, aos 60 anos 51% dos homens apresentam a sintomatologia. 

Não existe como impedir o crescimento da próstata, ele ocorre naturalmente com o envelhecimento do corpo humano. Apesar de ser natural que a próstata aumente com o decorrer da idade, isso pode gerar complicação maiores, como obstrução total da uretra, tendo como consequência uma cirurgia para retirada da próstata que é muito crescida. Para você ter um exemplo, uma próstata normal em uma pessoa de 18 a 25 anos, tem o formato de uma noz, pesando de 12 a 15 gramas. Já no indivíduo acima de 60 ou 70 anos, como já vi em Paranaguá, depois da cirurgia de retirada da próstata (prostatectomia), com 120 gramas. Imagine o tamanho disso apertando e comprimido a uretra do indivíduo. Realmente, a pessoa não consegue urinar, teria que passar uma sonda como foi este caso, isso a título de elucidação. 

O que é a hipertrofia benigna da próstata?

Dr. Sylvio Truppel: O aumento da glândula masculina é conhecido como hipertrofia benigna da próstata e se inicia a partir dos 40 anos. Praticamente, todo homem a partir desta idade começa com o crescimento benigno, todos sem exceção, em menor ou maior escala. Mas mediante características hereditárias, por exemplo, se o pai ou o avô teve câncer de próstata, é bem provável (com mais de 60% de chances) que esse indivíduo vá ter um câncer de próstata, daí a necessidade de fazer o diagnóstico precoce para ter a cura desse indivíduo. 

Você precisa estar alerta à saúde da sua próstata e procurar um médico, se surgir algum desses sintomas, por exemplo: dificuldade para urinar, chegando até fazer esforço para a urina sair, quando você consegue, percebe que o fluxo urinário não é contínuo e sim intermitente (urina um pouquinho, segura e aquela vontade não passa, urina mais um pouco, e assim por diante sendo esse fluxo interrompido involuntariamente). Isso acontece porque a próstata está comprimindo a uretra. O indivíduo não se sente aliviado e precisa o tempo todo urinar, porque parece que sua bexiga nunca esvazia totalmente. Isso faz com que a qualidade de vida fique comprometida.  

Poderia nos falar um pouco da história e como aconteceu esta descoberta? 

Dr. Sylvio Truppel: A próstata foi descoberta pela primeira vez pelo anatomista Niccolò Massa, em 1536, e teve sua primeira representação ilustrada pelo também anatomista Andreas Vesalius, em 1538. No entanto, o câncer de próstata só foi identificado pelo cirurgião J. Adams, em 1853, então há menos de 200 anos se descobriu a existência do câncer de próstata. 

Afinal o que é a próstata que tanto se fala?

Dr. Sylvio Truppel: A próstata é uma glândula exócrina do sistema reprodutor masculino. Ela é encontrada somente em alguns mamíferos, mas ela é diferente entre as espécies anatômica, química e fisiologicamente. Anatomicamente, a próstata é encontrada logo abaixo da bexiga, com a uretra passando por dentro dela, por isso que o aumento da próstata vai comprimindo a uretra, diminuindo o seu calibre e provocando dificuldade no indivíduo para urinar. É uma compressão de fora para dentro.  É descrito na anatomia geral como se consistindo de lóbulos e na microanatomia por zona. É circundado por uma cápsula fibromuscular e contém tecido glandular, bem como tecido conjuntivo.

Qual é a finalidade da glândula da próstata?

Dr. Sylvio Truppel: A finalidade é produzir um conteúdo fluido que faz parte do sêmen do homem, a substância que é eliminada durante a ejaculação, como parte da resposta sexual masculina. O fluído prostático é ligeiramente alcalino, leitoso de aparência branca. A alcalinidade do sêmen ajuda a neutralizar a acidez do trato vaginal da mulher, prolongando a vida do espermatozoide. Então a função da próstata é produzir um líquido alcalino, que ao sair, primeiramente antes da ejaculação, alcaliniza o interior da vagina da mulher, permitindo que o espermatozoide fique por várias horas até ele progredir, e se for o caso, permitir a fertilização. Essa é até agora a única função que nós sabemos da próstata.

Quais são os transtornos da próstata? 

Dr. Sylvio Truppel: Os transtornos incluem basicamente:  inflamação, infecção e câncer. Basicamente seriam em número de três, que seriam as prostatites que são inflamações bacterianas muitas vezes confundidas com câncer de próstata em adulto jovem, porque ela faz com que o PSA aumente. O indivíduo apresenta-se com dor no períneo (baixo ventre) e dificuldade para urinar, vai no urologista, ele faz o PSA, que dando alterado (aumentado), pode-se pensar que é câncer, quando na realidade não é, seria uma inflamação da próstata, que a faz crescer e é causada por bactéria, é de fácil tratamento com antibiótico, mas ela confunde, às vezes, pelo aumento do PSA, com câncer de próstata. Existem vários casos e não é tão raro acontecer. A hiperplasia benigna de próstata, que já comentei anteriormente, é o crescimento benigno, e que todo mundo tem, e o câncer de próstata que atinge uma porcentagem das pessoas. Agora torno a dizer que o câncer de próstata, quanto mais avançada a idade, maior a prevalência e incidência do mesmo. Vou citar um estudo em que homens com 90 anos ou mais, em necropsias desses indivíduos, de cada dez, em cinco se achou presença de câncer de próstata, mesmo que não em atividade, e que não provocou a morte do indivíduo. Podemos ver que com o estudo que é progressiva a incidência da doença cancerígena, pelo aumento da idade. A título de elucidação, a palavra próstata vem do grego antigo prostátēs, significando “aquele que está diante de”, “protetor”, “guardião”, com o termo originalmente usado para descrever as vesículas seminais.

Qual mensagem o senhor deixa neste Novembro Azul?

Dr. Sylvio Truppel: Estou em Paranaguá há aproximadamente 38 anos, me radiquei na cidade, trabalhando como urologista. Também sou formado em direito, mas como médico urologista deixo a seguinte mensagem para o Novembro Azul. Logo no início, quando eu cheguei a Paranaguá, era difícil convencer o indivíduo idoso, com mais de 60 anos, a fazer o toque retal. O que notei a partir dos anos, pela nossa ciência que evoluiu, a ampla divulgação pelos meios de comunicação e campanhas, que hoje em dia é difícil encontrar um indivíduo com mais de 60 ou 70 anos que se recuse a fazer o exame de próstata. Inclusive ele pede o exame de próstata de rotina, o que não acontecia há 30 anos. O recado que deixo é o seguinte, assim como existe a campanha de prevenção Outubro Rosa em que as mulheres realmente participam efetivamente e frequentam os seus médicos, que os homens também o façam. E diretamente àqueles indivíduos que possuem uma baixa qualidade de vida, notam o problema urinário e a dificuldade para urinar, é bem fácil o tratamento, recomendo que não deixem de procurar seu médico urologista e façam o tratamento.