conecte-se conosco

Ciência e Saúde

A Saúde Ocupacional na Prevenção de Acidentes de Trabalho

Fernando Melo de Souza é Enfermeiro do Trabalho da Unimed Paranaguá fala sobre o tema

Publicado

em

No próximo dia 27 de julho é comemorado o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho. A Segurança e a Saúde no ambiente de trabalho são princípios fundamentais no cuidado e promoção da qualidade de vida no ambiente de trabalho, por isso, neste Momento Saúde Unimed, entrevistamos o Fernando Melo de Souza, enfermeiro do Trabalho da Unimed Paranaguá que falará abertamente sobre este tema.

Onde surgiu o conceito de Saúde Ocupacional?

Fernando: A saúde Ocupacional surgiu no período pós-guerra, pelo fato da alta demanda em processos industriais e a partir disso com aumento de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. Porém, a base do conceito desta ciência teve colaboração fundamental com os trabalhos do médico italiano Dr. Bernardino Ramazzini, que em 1700 publicou seu estudo chamado De Morbis Artificum Diatriba (traduzido para o português: As doenças dos trabalhadores), onde se observou a relação das doenças a partir do ofício de cada grupo de trabalhadores. Por exemplo, nesse estudo ele descreve mais de 50 profissões diferentes e inclui abordagens analíticas e metodológicas para diagnosticar e prevenir doenças associadas a cada uma dessas categorias profissionais. Interessante observar inclusive como a ciência da saúde ocupacional na atualidade é instrumento fundamental para a manutenção da saúde e bem estar no ambiente laboral, e a partir disso, nós da Saúde Ocupacional da Unimed de Paranaguá temos este compromisso com a promoção da saúde e prevenção de doenças.

E qual o objetivo da Saúde Ocupacional como um todo?

Fernando: A saúde ocupacional tem entre seus objetivos a prevenção de doenças relacionadas às profissões, pensando na redução do risco de adoecimento dos trabalhadores conforme os agentes de exposição que estão presentes no ambiente laboral. Além disso, a saúde ocupacional tem como também as medidas que tem como finalidade manter um elevado nível de bem estar físico, mental e social para os trabalhadores, neste aspecto temos como instrumento as campanhas de promoção de saúde e prevenção de doenças. É o caso dos trabalhos que mesmo em tempos de pandemia e isolamento social a Saúde Ocupacional da Unimed de Paranaguá, vem promovendo com desenvolvimento de trabalhamos para promoção da educação de saúde dos trabalhadores a partir palestras online, folder eletrônicos, vídeos educativos, respondendo entrevistas como essa e vinculando textos para divulgação em mídias, todo um trabalho voltado ao tema promoção da saúde e prevenção de doenças.

Como o mercado tem se apresentado neste período pandêmico?

Fernando: Num contexto geral o trabalho da Saúde Ocupacional no cenário pandêmico teve como intuito preservar a força de trabalho, com objetivo de prevenir a transmissão do novo coronavírus no ambiente laboral, seguindo sempre as orientações das autoridades sanitárias para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Por ser uma doença recente onde a evolução dos estudos a cada dia traz novidades, estamos atentos às mudanças no cenário que são impostas sejam pelas ondas de novas variantes do vírus da Covid-19, como também aos avanços que a ciência vem trazendo no âmbito da capacidade de enfrentamento da pandemia.

Falando sobre a Unidade de Saúde Ocupacional da Unimed Paranaguá, como vocês têm trabalhado para a promoção da saúde no ambiente de trabalho?

Fernando: A Saúde Ocupacional da Unimed de Paranaguá tem como objetivo um trabalho focado na prevenção de doenças e na promoção de saúde, buscando soluções para os problemas impostos com a pandemia, como nos projetos Pílulas do Conhecimento, Palestra Online e divulgação de conteúdo que venha de encontro para auxílio nas necessidades da promoção da saúde que se apresentam neste momento e que a cada dia nos desafiam a aperfeiçoar nossas ações. Nosso compromisso vem desde antes do atual momento coletivo em que estamos passando, com base onde sempre tivemos a tradição na consciência prevencionista surgida há mais de 300 anos com o médico italiano Dr. Bernardino Ramazzini e otimizada a partir das inovações que surgem a cada dia no âmbito da saúde.

Continuar lendo
Publicidade