Connect with us

Cidadania

Voluntários fazem campanha para compra de cadeira automática

Após várias cirurgias, Luan precisou amputar as pernas

Publicado

em

Voluntários e amigos do jovem Luan Silva estão realizando uma campanha beneficente para comprar uma cadeira de rodas automática. Após sucessivas cirurgias ele teve as duas pernas amputadas e não poderá utilizar próteses.

Para facilitar sua mobilidade, a melhor é a cadeira automática. O modelo é Juvo B4, para uso interno e externo, orçada em R$ 22.140.

De acordo com Monica Fatima, mãe de Luan, a ideia inicial seria fazer um bingo, mas com a pandemia da Covid-19 não será possível, então o único meio é a arrecadação virtual. Foi criada uma conta na página “vakinha”, na qual as pessoas podem fazer doações espontâneas. Até o momento, foram arrecadados R$ 225.

Luan é conhecido em Paranaguá por mostrar seu dia a dia no Facebook.

“Ele não vai conseguir usar uma prótese, então essa cadeira é sua esperança, cada um ajudando com um pouco, logo conseguimos comprar. Qualquer quantia fará a diferença na vida do Luan, se sentir em seu coração, faça uma doação para alcançarmos o nosso objetivo de ajudá-lo! Ele já sofre há 9 anos, com a cadeira vai ter como melhor se locomover e poderá até trabalhar”, ressalta a mãe. 

As doações podem ser realizadas pela Internet e visualizadas na página https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cadeira-motorizada-para-o-luan

Superação

Luan fez 29 cirurgias, pegou uma bactéria muito resiste (Estilucocus) e foi obrigado a amputar as duas pernas.
Fez câmera hiperbárica por 6 meses, ficou internado no São Lucas fazendo câmera hiperbárica de segunda à sexta feira, com um grande profissional que fez de tudo para matar a bactéria. Após dois meses, ela voltou mais resistente. Desta forma foi tomada a decisão da amputação.


Luan realiza atividades físicas regularmente

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone  (41) 99214-8343. Luan reside no Jardim Ouro Fino, nas proximidades da banca do Zé Luiz