Connect with us

Cidadania

Professora ressalta a importância do Setembro Azul

Mês é dedicado à visibilidade da pessoa surda

Publicado

em

Setembro Azul é o mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira, uma ação que traz conscientização e homenagens a essa população. Nesse período são realizadas várias atividades para chamar a atenção da sociedade sobre várias questões

A professora Caroliny Martins é intérprete de Libras há oito anos e leciona no Instituto Estadual de Educação Dr. Caetano Munhoz da Rocha. Ela ressalta que muitas pessoas desconhecem o Setembro Azul, que é o mês do Surdo.

De acordo com a professora, Setembro foi escolhido devido aos  acontecimentos históricos que marcaram o mês. “A comunidade surda passou por muitas lutas e agora rememora com alegria, felicidade talvez utópica, pois ainda há muito a conquistar”, conta.

A professora Caroliny destaca ainda que ao longo dos últimos anos já se deparou com diversas situações de preconceito. “Muitas pessoas ainda oprimem, falham, infringem o direito do sujeito surdo e causam situações constrangedoras a essa minoria linguística. Não compreendem a forma de expressão, escrita, a língua materna, e as dificuldades que muitos surdos têm com sua segunda língua”, explica.

O português é a segunda língua do surdo. “Imaginem vocês em um País com uma língua desconhecida, que fossem obrigados a se comunicar e tivessem um ignorante te oprimindo e cobrando seus acertos. Pois é, o surdo é um estrangeiro em seu próprio País! Quando os erros ocorrem por desconhecimento da cultura tudo bem, mas a pior parte é quando as pessoas realmente não estão nem aí, sem um pingo de empatia”, reforça.

A professora salienta, ainda, que o surdo não sofre apenas na inclusão escolar, mas principalmente na faculdade, no mercado de trabalho, nas agências bancárias, hospitais e em todas as esferas que pessoas sem sentimentos transitam. “Lembrem que acima de qualquer medicalização, deficiência e normalização existe um ser humano, dotado de uma capacidade sem tamanho, com apenas uma língua e cultura diferente da sua”, alerta.

“Não seja a voz da ignorância, do descaso e do preconceito, faça o Setembro Azul sair do papel e realmente acontecer. Respeite e aprenda a amar as pessoas”, finaliza a professora.

Por que setembro?

A escolha do mês de setembro é repleta de significados na cultura e história nacional e internacional. Neste mês, existem alguns marcos históricos para a comunidade surda.

No dia 10 de setembro, é comemorado o Dia Mundial da Língua de Sinais. No dia 26 de setembro de 1857, a Comunidade Surda teve uma grande vitória: a criação da primeira Escola de Surdos no Brasil. 30 de setembro é o Dia Internacional do Surdo que foi escolhida para relembrar o fatídico Congresso de Milão que proibiu o uso das línguas de sinais no mundo.

Diversos eventos são promovidos no mês de setembro para uma maior conscientização sobre a Comunidade Surda e também para comemorar as conquistas obtidas por essas pessoas ao longo dos anos.

Continuar lendo