conecte-se conosco

Ação Social

Doação de alimentos pode ser feita em frente à Estação Ferroviária de Paranaguá

176 quilos de alimentos foram entregues durante ou pós-vacinação no local

Publicado

em

A Estação Ferroviária e a parte frontal do prédio, na Avenida Maximiniano da Fonseca, se tornaram em 2021 o ponto-central da vacinação contra a Covid-19 em Paranaguá. Além de se imunizarem, os moradores poderão exercer uma boa ação no local, com doação de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social, algo que cresceu ainda mais neste período de crise sanitária e econômica com a pandemia. Uma van da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) está arrecadando cestas básicas e alimentos para distribuição posterior nos bairros do município junto à União Municipal das Associações de Moradores de Paranaguá (Umamp). A campanha é denominada de “Doses de Solidariedade”.

“Em frente à Estação Ferroviária existe um ponto de coleta, na van da Semas. Os alimentos são juntados para formar cestas básicas e, em parceria com a Umamp são entregues os alimentos, por meio de cadastro prévio, em alguns bairros da cidade”, informa o município através da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom). Segundo a Semas, até o momento foram arrecadados 176 quilos de alimentos, sendo entregues 103 cestas básicas à cidadãos em situação de vulnerabilidade social. 

CRAS

Sabemos que o parnanguara é muito solÍcito e convidamos que mais pessoas agreguem nesta ação”, afirma a secretária de Assistência Social, Gisele Cristina Silva (Foto: Arquivo)

Segundo a Semas, além das ações incentivando doações de alimentos, a pasta está atuando de forma intensifica nos Centros de Referência de Assistência Social (CRA´s) durante a pandemia. “São cinco unidades de atendimento espalhadas pela cidade. Um dos trabalhos com maior aumento foi a concessão de cestas básicas, que se enquadra no benefício eventual da lei n.º 3150/2011. Quinzenalmente acontecem ações sociais, por meio da Semas, nos bairros de maior vulnerabilidade social. As ações não são divulgadas para não atrair moradores de outros bairros, essas ações são direcionadas para as pessoas que realmente necessitam”, complementa. 

“Devido a pandemia cresceu exponencialmente a demanda da Semas. Tudo que a população puder ajudar será muito bem vindo, atendemos com as doações, as famílias que necessitam de alimentos, famílias com crianças, etc. Esta é uma forma de estendermos os serviços oferecidos nos CRAS e com isso temos a oportunidade de alcançar as pessoas que mais precisam e estão sendo mais afetadas pelas questões econômicas, advindas pela pandemia. Sabemos que o parnanguara é muito solÍcito e convidamos que mais pessoas agreguem nesta ação”, finaliza Gisele Cristina Silva, secretária municipal de Assistência Social.

Foto: UMAMP/Divulgação