conecte-se conosco

Editorial

Crise instaurada na educação

O Brasil ainda está longe de se igualar aos países desenvolvidos no quesito Educação Superior.

Publicado

em

O Brasil ainda está longe de se igualar aos países desenvolvidos no quesito Educação Superior. E isso não representa apenas menos jovens com diploma em mãos, mas uma série de consequências que desencadeiam em um sistema econômico e social bem abaixo de outras nações. Apenas 16,6% dos brasileiros que têm entre 24 e 35 anos frequentaram uma faculdade. Essa taxa é quase três vezes menor que a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Ou seja, perde até mesmo para alguns países vizinhos, como a Colômbia (28%), Argentina (18%) e o Chile (30%).

Pior que este cenário é a realidade das universidades públicas no País. Isso porque a falta de investimentos, há tempos, vem aumentando em função da crise instaurada na educação. Ainda há de se elencar que esse sucateamento público também contribui para um fenômeno bastante comum: a desistência das cadeiras universitárias. O número de matrículas, por exemplo, no ano passado chegou a 8,2 milhões, sendo que apenas 1,2 milhão de alunos efetivamente concluíram os cursos. Deve-se analisar que fatores como a precariedade nos prédios públicos e a falta de investimentos educacionais influenciam nesta realidade.

Com isso, têm-se menos oportunidades. Basta entender que o acesso à universidade, na maioria das vezes, está restrito a uma determinada classe social. Estatísticas confirmam que dos alunos que se formaram no Ensino Médio através da rede pública em 2017, só 36% chegaram à faculdade.

Os recursos financeiros não acompanham o crescimento das universidades. Cerca de 80% das pesquisas vêm de universidades públicas e ajudaram o País a ser um dos líderes mundiais na produção agrícola, exploração de petróleo e no êxito do pré-sal. Pois bem. Se o Brasil perde espaço no ranking mundial de pesquisas, a crise na educação pode não ter fim.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.