Logotipo

Revisão biométrica já alcançou 99,92% do eleitorado de Paranaguá

03 de julho de 2019

Paranaguá conta com 99.270 eleitores no município, algo que representa cerca de 65% da população parnanguara

Compartilhe

Objetivo da Justiça Eleitoral é reforçar ainda mais a segurança no voto e legitimidade do processo eleitoral em todo o País

Com implantação progressiva realizada desde meados de 2008 pela Justiça Eleitoral em todo o Brasil, a identificação biométrica dos eleitores já é uma realidade em Paranaguá e em grande parte dos municípios do Paraná e do País. Iniciada em Paranaguá no dia 16 de junho de 2015, a revisão biométrica alcançou 99,92% do eleitorado do município, algo que reforça a validade e a segurança do processo eleitoral no contexto parnanguara.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Projeto de Identificação Biométrica nasceu em 2008 com o objetivo de implantar em âmbito nacional a identificação e verificação biométrica da impressão digital para que o eleitor seja único no cadastro eleitoral e o processo tenha ainda mais segurança. "O projeto-piloto, realizado em 2008, envolveu pouco mais de 40 mil eleitores nos municípios de Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). O cadastramento biométrico e o reconhecimento das digitais durante as eleições foram um sucesso. Nas eleições de 2018, estavam aptos a votar 87.363.098 eleitores por meio da identificação biométrica, (59,31% do eleitorado total de 147.306.275) em 2.793 municípios (48,65% do total, de 5.570)", informa o TSE.

De acordo com dados da Justiça Eleitoral, a revisão biométrica foi iniciada em junho de 2015 e realizou o total de 108.353 atendimentos em Paranaguá. Com população estimada neste período em 150.660 habitantes, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), através da 5.ª Zona Eleitoral (5.ª ZE) de Paranaguá, chegou ao número atual de 99.270 eleitores no município, algo que representa cerca de 65% da população local.

"Estamos adotando a revisão biométrica em todo o País para reforçar a segurança no processo eleitoral", afirma o técnico judiciário da 5.ª Zona Eleitoral de Paranaguá do TRE-PR, Sérgio Kawka

Durante o período de maior número de atendimentos na revisão biométrica, entre 2015 e 2018, mais de 10 mil pessoas fizeram seu alistamento como eleitor em Paranaguá e cerca de 6 mil realizaram a transferência do título de eleitor para outros municípios. Segundo dados apurados na última semana pelo TRE-PR, dos 99.270 eleitores de Paranaguá, 99.193 já fizeram a revisão biométrica, o que representa 99,92% do eleitorado total.

"A revisão biométrica é muito importante para os jovens e idosos, bem como para todos os eleitores, pois esta é uma exigência da Justiça Eleitoral por uma questão de segurança das eleições. Estamos adotando a revisão biométrica em todo o País para garantir a segurança e que nenhum eleitor tente votar duas vezes ou no lugar de outro", afirma o técnico judiciário da 5.ª Zona Eleitoral de Paranaguá do TRE-PR, Sérgio Paulo Kawka. "Essas fraudes e, infelizmente, boatos que enfrentamos principalmente nas eleições, são combatidos com a revisão biométrica", finaliza, destacando que atualmente a 5.ª ZE de Paranaguá conta com a chefia de Cartório de Suzana Justus de Brito.

Para quem ainda não realizou a revisão biométrica do título de eleitor ou deseja sanar algumas dúvidas perante a Justiça Eleitoral a 5.ª ZE atende no Fórum Eleitoral, localizado na Rua Odilon Mader, 994, no bairro Alvorada em Paranaguá, no horário das 12h às 19h.

 


Colunistas