conecte-se conosco

Cultura

Baile de fandango retorna ao Mercado do Café 

Grupo Mandicuera anima o baile de sábado

Publicado

em

Após quatro meses funcionando parcialmente, o Mercado do Café de Paranaguá retorna as suas atividades normais. Os bailes de fandango, que estavam acontecendo no Mercado Nilton Abel de Lima, também voltam a acontecer no local.
De acordo com os técnicos da prefeitura, os quais atuaram na obra, o mercado recebeu nova cobertura com chapas de policarbonato em bronze para manter a luminosidade natural. Também foi refeita toda a parte elétrica por causa da instalação de climatizadores com cortinas de ar e também será feita a pintura na parte externa. 

Local é famoso por causa dos pastéis servidos com café

O espaço, que é um dos cartões-postais de Paranaguá, está agora mais preparado para receber a comunidade e os turistas que são atraídos ao local diariamente tanto para o tradicional café como também para as refeições. Os permissionários aguardaram com expectativa a conclusão das obras. 
Sergio Kubo enfatiza que as reformas são importantes pelo fato de o local apresentar movimento turístico. Já o permissionário Arnaldo Silveira ressalta que esses investimentos são importantes e devem ser permanentes para que o local possa sempre receber os clientes com conforto e segurança.

Prédio centenário está apto para receber os clientes

BAILE

No sábado, 27, a partir das 22h, acontece o tradicional baile de fandango com animação do grupo Mandicuera. “Estamos preparando um baile com muitas surpresas e participações especiais. Estamos felizes com a volta ao Mercado do Café”, destacou Aorelio Domingues, do Mandicuera. 
Uma das novidades será a participação do músico Poro de Jesus, que estava afastado dos bailes de fandango em função do tratamento de saúde. “Estou ansioso pelo retorno, pois é terapêutico para mim fazer o que gosto. Feliz também pelo baile de fandango estar retornando para o Mercado do Café”, ressaltou. 
No local, o público poderá não apenas curtir o baile como também degustar a culinária típica da região com destaque para os salgados recheados com frutos do mar. Das bebidas são servidas as tradicionais da cultura caiçara como a Cataia e a Mãe Cá Filha, além de cachaças artesanais.    
 

Continuar lendo
Publicidade