Connect with us

Crônicas

O tempo não para

“Sei lá, talvez uma maquininha, com dois botões: um para acelerar o tempo e outro em que pudesse pará-lo”…

Publicado

em

Tanto o filme “Click” protagonizado por Adam Sandler, como o livro da autora Márcia Kupstas intitulado “A pedra mágica do tempo” tratam sobre o mesmo tema: o poder de avançar o tempo.

Sabe que, às vezes, dá uma vontade louca de ter esse poder nas mãos. Sei lá, talvez uma maquininha, com dois botões: um para acelerar o tempo e outro em que pudesse pará-lo.

Apertaríamos o botão de aceleramento para: escolhas erradas, gafes, palavras mal colocadas, silêncios constrangedores, momentos em que temos que decidir sobre algo e nas diversas situações em que nosso maior desejo é somente um: sumir. Ou quem sabe talvez fechar os olhos, dormir profundamente, e acordar anos depois com as questões resolvidas ou esquecidas. Em suma, pularíamos a parte chata. Aquela que exige de nós, amadurecimento, raciocínio e responsabilidade.

Congelaríamos os momentos em que fomos criança e todas as brincadeiras que existiam. Nessa época fantástica em que somos tão autênticos. Não fazemos a mínima ideia do que são as convenções sociais e não estamos nem aí para o que vão pensar de nós. Afinal, somos crianças e, como tal, temos passagem livre. É um período em que dizemos verdades de fazer arrepiar os cabelos e contamos mentirinhas tão ingênuas que são todas perdoadas, nenhuma capaz de entrar para o rol dos pecados.

O botão de parar serviria para todos os passeios, as viagens, o lazer e os momentos agradáveis, como no exato momento em que nos apaixonamos. Quem já não quis parar o tempo quando se apaixonou perdidamente? Longas horas de espera até o encontro e minutos escorregando pelos dedos quando estavam juntinhos. Por que entre os apaixonados as horas passam tão rápido?

Gostou da ideia? Que tal, avançar e parar?

Depois de toda essa fantasia, volto a fincar os pés no chão.  Sei bem que o nosso mundo é outro. Sem invencionices ficcionais, seguimos: trabalhando, estudando, engravidando, parindo, sorrindo, sofrendo, amando, desejando, dormindo, acordando, vivendo. Essa odisseia de gerúndios.

Porque a vida é assim, nenhum pouco linear. Prosseguimos traçando nossas metas e objetivos, conferindo a previsão do tempo, ajustando os relógios, mas não estamos imunes aos percalços, aos imprevistos que a vida nos coloca. Quem garante a nós segurança ao atravessarmos uma rua ou ao botarmos os pés para fora de casa? Aliás, quem garante a nós segurança dentro de nossa própria casa?

E a gente pensa e se ilude achando que consegue controlar a vida. Esquecemos, na maioria das vezes, que na vida há duas certezas: que a morte um dia vem e que o tempo não para.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.