conecte-se conosco

Valmir Gomes

POSTURA TÁTICA

Neste domingo, a torcida do Rio Branco tem um encontro marcado com seu time, às 16 horas, no Gigante do Itiberê

Publicado

em

Neste domingo, a torcida do Rio Branco tem um encontro marcado com seu time, às 16 horas, no Gigante do Itiberê. O leão vai enfrentar o Maringá em um jogo de 6 pontos, por uma vaga na fase final do campeonato. Como prometi, assisti o último jogo do Rio Branco no Couto Pereira contra o Coritiba. Foi uma partida de razoável nível técnico, os coxas venceram pela qualidade individual de alguns atletas. Não me pareceu que a tática do 3x5x2 seja a melhor para o Leão, pois grande parte da primeira etapa jogou com 5 na extrema defesa e quatro na meia cancha, ou seja 5x4x1. Podem pensar que são números do colunista, porém é mais do que isto, o time fica muito defensivo e pouco ofensivo. Dou exemplo na segunda etapa, com dois zagueiros e dois volantes ficou um time bem mais equilibrado. Espero que contra o Maringá o Leão tenha também força ofensiva.

RAVEL, ANDRÉ E BITÉCO

Confesso que fui no Couto Pereira para ver o Lucas Sena, que havia se destacado nos jogos anteriores, acabei vendo o goleiro Ravel com grandes defesas e muita segurança. Nesta esteira de raciocínio, vi também o lateral esquerdo André com boa técnica. Entretanto, o melhor de todos foi o Guilherme Bitéco, dominou, driblou e armou com muita qualidade. Confesso que tinha minhas dúvidas com o Bitéco, porém o técnico Vitão tinha razão, bem preparado fisicamente o Bitéco faz a diferença. Méritos também ao preparador físico Ricardo Bach, o time do Rio Branco está na ponta dos cascos.

LÍDER EMPATA COM CAP

O jogo mais aguardado da última rodada foi disputado em Londrina, o líder recebia o time alternativo do Athletico. Foi um jogo morno sem muitas emoções, com o Londrina melhor na primeira etapa e parelho no tempo complementar. Porém tem uma máxima no futebol, o jogo só termina com o apito final do árbitro. Foi o que aconteceu. Todos esperavam um resultado sem gols, porém o futebol tem lá suas peculiaridades, nos acréscimos do jogo os dois gols, Londrina 1 X 0 e CAP 1×1 golaço do Daniel Cruz. Assim é o futebol.

TRAVESSIA

O Milton Nascimento é um extra série, cantor e autor da melhor qualidade. Entre seus sucessos a música Travessia, “ Solto a voz nas estradas, Já não quero parar, Meu caminho é de pedras, Como posso sonhar.” Gente, o caminho das pessoas que pegam o Ferry-Boat de Guaratuba é de pedras mesmo. Imagino os moradores daquela região, sempre com muita preocupação. As autoridades já se manifestaram, do Governador ao Prefeito, todos querem resolver o problema. O sonho é uma ponte, a realidade são os barcos à deriva. Nossa Folha do Litoral se une aos moradores daquela região na busca da solução. Unidos vamos mudar este jogo, antes que seja tarde demais.

O MAL DO JEAN PYERRE

Por natureza gosto do futebol acadêmico do craque, gostava muito do Alex, gosto do Ganso, e também do Jean Pyerre, afinal sou gremista. Esta história de lentidão no jogo, nos trouxe queda de técnica e brilhantismo. Ademir D’aguia foi craque da cabeça aos pés, sem correr muito, correndo certo e jogando muito. Inventaram esta história de intensidade, correm mais do que jogam! Daí o Pyerre é passível de críticas por gente moderna que nunca pisou na grama de um campo. Agora vem a notícia: Jean Pyerre é diagnosticado com câncer no testículo. Descobriram lá na Turquia. Com a palavra o departamento médico do Grêmio Foot-ball Porto-alegrense.

Continuar lendo
Publicidade