Connect with us

Valmir Gomes

POMBO SEM ASA

Era o jogo final do campeonato, o Coritiba precisava vencer para ser campeão, já que a vantagem era do Athletico.

Publicado

em

Era o jogo final do campeonato, o Coritiba precisava vencer para ser campeão, já que a vantagem era do Athletico. Pois bem, o Coritiba vencia por 1 x 0, gol de pênalti de Sabino. Vem a segunda etapa, o jogo fica quente, as duas equipes buscam o gol pelos mesmos motivos: a vitória e o título. Tudo se encaminha para a decisão por pênaltis. Então, quase os coxas fazem o segundo gol, o goleiro Santos impede com grande defesa. Num contra-ataque bem ao seu feitio, o jovem Kellvin dispara um pombo sem asa e empata o jogo. Golaço do guri que veio do Guarani de Palhoça. Vibração do time de Petraglia, seria o gol do título, pois ainda faltava a pintura do golaço do Nikão, na verdade, os dois gols têm que ser colocados em molduras, obra de arte pura, Athletico campeão de 2020.

PETRAGLIA

Diziam que o homem é pé frio, falavam até em praga de madrinha. Quando está presidente o Petraglia, tudo ficava mais difícil no campo. Era assim e ponto final. O senhor Mário Celso Petraglia primeiro organizou o clube, levou anos nessa tarefa, depois pensou no futebol. Deu no que deu, um clube organizado e um time vencedor. Passou por cima de tudo e de todos. Fica a exemplar lição para seus adversários regionais. Que venha o campeonato nacional e a Libertadores. Imagino que o Athletico esteja preparado. Este título tem a cara do Nikão, a experiência do Thiago Heleno e a capacidade e a inteligência do Petraglia, o resto é conversa fiada.

PROFESSOR RODOLPHO MEHL

Conheço Rodolfo há muitos anos, tive a sorte de trabalhar com ele no Coritiba de 1994. Nos distanciamos, porém jamais o perdi de vista. Trabalhou pelo Brasil inteiro, até no exterior, fez brasileiros e estrangeiros correrem e jogarem com qualidade. Não é apenas preparador físico, é bem mais do que isso. Sua capacidade técnica e sua maneira pessoal em lidar com os jogadores fazem toda a diferença. Por isto tantos títulos na carreira, um profissional acima da média, família linda, esposa Rosilda, a companheira de todas as horas, os filhos Thiago e Cassius, cada um melhor que o outro. Rodolfo mora em Curitiba, porém é um cidadão do mundo, sabe tudo de futebol e da vida. Ave, Rodolfo Mehl!

O CARCARÁ DO SERTÃO

A cidade de Salgueiro fica a 500 km de Recife, o treinador é Português, o time nunca tinha ganhado um título estadual. O jogo era contra o famoso Santa Cruz, um papão de títulos pernambucanos. No tempo normal, empate por 1 x 1, nas penalidades máximas, vitória do Salgueiro, que se tornou o novo campeão do Estado. Mesmo com a pandemia, ninguém resistiu quieto à grande vitória. O frevo deve ter tomado conta da noite em Salgueiro, até o dia raiar. A delegação foi recebida com carinho e amor, afinal o carcará do sertão é campeão Pernambucano e estamos conversados. Salve, Salgueiro!

EVERTON CEBOLINHA

Everton veio do Ceará e sentou praça no Grêmio, daí para a seleção brasileira foi questão de tempo. Joga fácil, joga muito. Com a vitória no último GRENAL se despediu da torcida do Grêmio, já que foi vendido para o Benfica. Sua frase final “Aprendi a amar o Grêmio. Prometo voltar um dia, time e torcida inesquecíveis”.