Connect with us

Valmir Gomes

O FILHO DO VIVI

Conheci o zagueiro Vivi jogando muito e bem pelo Rio Branco e Coritiba

Publicado

em

O FILHO DO VIVI

Conheci o zagueiro Vivi jogando muito e bem pelo Rio Branco e Coritiba, o tempo passou e Vivi se tornou um ótimo diretor do Leão da Estradinha. Depois a família Aal nos deu dois craques Netinho, um campeão do Mundo pela seleção brasileira sub-21 e Alan, um seguro zagueiro de muitos clubes do futebol brasileiro. Netinho foi craque e iniciou bem uma carreira de técnico, não dando continuidade. Alan foi sempre um bom zagueiro, sereno e técnico, com muita regularidade. Um dia parou de jogar e iniciou uma carreira de treinador. Com conhecimento e tranquilidade foi ganhando experiência no departamento amador do Coritiba. Até que surgiu uma oportunidade e ganhou o Brasil como técnico de futebol profissional. Vagou por algumas equipes, sempre com bom trabalho, até que chegou ao Cuiabá e com méritos conquistou uma das vagas para a série A do Brasileirão de 2021. Uma conquista para coroar seu conhecimento e fazer a alegria dos familiares e amigos de Paranaguá e todo Brasil. Parabéns à família Aal, o filho do Vivi está na primeira divisão com méritos.

O ACIDENTE AÉREO

Fomos todos surpreendidos com a triste notícia, um acidente aéreo matou 6 pessoas no fim de semana. O presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, mais 4 atletas do clube Ranule Gomes, Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Marcus Molinari, e o piloto da aeronave. Os atletas tinham se recuperado da Covid-19 e iam para um jogo decisivo em Goiás. Uma fatalidade. Em tempos de Covid-19, uma tragédia, tristeza quase sem fim. Deus ampare os familiares e de muita luz ao espírito das vítimas.

O FILHO DO VALMIR

Meu filho, Robson Gomes, foi convidado pelo então treinador Gilson Kleina para trabalhar no Náutico da histórica Recife. Era preciso esforço dobrado para evitar a queda do time para a série C do Brasileirão. Gilson acabou saindo e chegou Hélio dos Anjos, com quem Robson já tinha uma série de títulos. Com trabalho competente de recuperação, o Náutico conseguiu se manter na série B. Mais uma conquista da dupla Hélio e Robson. Agradeço ao Náutico a oportunidade dada ao Robson, virei torcedor, coisa de pai coruja.

PRIMEIRA DIVISÃO

O Coritiba fez um bom segundo tempo e empatou com o quase líder São Paulo, no Morumbi em crise. Sei não, a mudança de diretoria fez o time coxa melhorar seu rendimento. Acho tarde demais. Enquanto isto, o Athletico vence o Flamengo, na Arena, fato normal nos últimos tempos, e já pensa em Libertadores ou Sul-Americana. Nossa dupla em recuperação.

APRESENTAÇÃO DO RIO BRANCO

A diretoria do Rio Branco apresentou o grupo de atletas para os jornalistas e torcedores, por intermédio da sua assessoria de imprensa via Internet, por causa da Covid-19 e suas consequências. Entretanto, como sempre, o atuante Diogo Monteiro está às ordens para dirimir qualquer dúvida. Boa sorte à diretoria, comissão técnica e atletas do Leão da Estradinha.

UM DIA DE CÃO

Antes do jogo entre São Paulo e Coritiba, alguns torcedores do tricolor paulista usaram da violência contra o ônibus que levava os atletas ao Morumbi. Um ato que mancha o esporte e pode trazer consequências ao futuro pessoal de muitos jogadores, visto que parte deles é formada por jovens iniciando uma carreira. Um dia de cão, que imaginei já tínhamos superado. Mesmo na pandemia, os brutos continuam espalhando violência.

O DESASTRE COM O ÔNIBUS

Um ônibus de viagem com cerca de 50 passageiros despencou na curva da Santa, BR-376, em Guaratuba no litoral do Paraná na segunda feira, com vítimas fatais. Sei que a coluna é sobre esportes e afins. Porém como não lamentar mais um fato triste como este. Estamos vivendo dias sombrios. Orações, minha gente, precisamos virar este jogo!

Leia também: DIEGO MELLO UM VENCEDOR