Connect with us

Valmir Gomes

FUTEBOL X COVID-19

Não sou médico, sequer enfermeiro, portanto, não entendo nada de medicina.

Publicado

em

Não sou médico, sequer enfermeiro, portanto, não entendo nada de medicina. Entendo das reações do meu corpo e para tratá-lo tenho vários amigos médicos, e dos bons. Estamos na plenitude da pandemia, batemos nos 100 mil mortos e jogamos futebol como se nada estivesse acontecendo. No domingo passado, tivemos jogos transferidos por causa dos casos da Covid-19. Um alerta! Imaginem viagens, alimentação, treinamentos, acomodações, tudo isso em um País continental como o nosso. Ou estou muito errado, ou deveríamos aguardar mais um tempo para iniciar o Campeonato Brasileiro. Minha gente, futebol e Covid -19 não combinam.

OS CURITIBANOS

O Paraná clube vencia na casa do adversário, acabou cedendo o empate na última bola do jogo. Assim é o futebol. O Curitiba jogando no Couto Pereira parece que estava no Beira Rio, não chutou uma bola sequer no gol do Internacional. Perdeu o jogo, fato que está se tornando normal. Já o Athletico foi lá longe, na bela Fortaleza, e venceu o dono da casa por 2×0. Nosso melhor clube está se tornando o melhor time já há algum tempo. O campeão estadual começou o Campeonato Brasileiro de maneira tranquila. Se impôs ao natural.

DR. JOSÉ FERNANDO MACEDO

O Dr. José Fernando Macedo é daqueles médicos que, apesar da fama, atende seus pacientes com carinho e amor. Dr. Macedo tem uma folha extraordinária de serviços prestados ao Coritiba. Além de ser um médico de muito sucesso pessoal por sua capacidade. É daqueles que se preocupam com seus clientes, buscando soluções dentro da medicina, sem se importar com mais nada. Tratou do famoso presidente Evangelino como trata do anônimo paciente. Sempre com carinho e atenção. Minha gratidão, Dr. Macedo!

FLAMENGO PERDEU

A torcida do Flamengo é muito grande em Paranaguá e no litoral paranaense. Por isso imagino a repercussão negativa da derrota em casa para o Atlético de Minas Gerais. As viúvas do Jesus devem estar criticando, porém é cedo para se tirar qualquer conclusão. Vamos dar tempo ao tempo.

DANIEL ALVES

Palavras do lateral do São Paulo, Daniel Alves: “É inadmissível o que aconteceu hoje em Goiás. Ou criamos consciência ou é uma perda de tempo”. Meu caro, Daniel, vocês estão no fio da navalha, correndo riscos. Se unam em defesa da saúde antes que seja tarde demais.

DIA DOS PAIS Foi um domingo ensolarado nem parecia inverno. Comecei ganhando presentes no sábado. Daqui agradeço a meus filhos Robson, Rodger, Déborah, o amor, e meus queridos netos e filhos do coração, Camila, Peterson, Felipe, Lucas, Mateus, Jussara, Cleber e Clara pelo carinho. Aos que me mandaram mensagens minha gratidão. Foi um Dia dos Pais inesquecível.