conecte-se conosco

Valmir Gomes

DISCORDO DOS SUÍÇOS

Publicado

em

Coluna Valmir Gomes

Um estudo feito pela Universidade de Lausane na Suíça mostra que os jogadores negros melhoram seu desempenho com os estádios vazios. Vai mais longe, o racismo afeta o desempenho no trabalho. “Os não brancos aumentaram seu desempenho em quase 1,5% sem a presença da torcida.” Descobriram os suíços ainda, que os jogadores menos habilidosos, são os mais afetados com grande plateia. Me desculpem os suíços, podem entender de relógios, porém de futebol são juvenis, usando um termo da bola. Os negros, desde os tempos do Leônidas da Silva, passando por Domingos D’aguia, e chegando no Pelé, até os jogadores de hoje, sempre gostaram da “casa cheia”, ou seja estádios lotados. Professores suíços, os atletas, sejam qual for o esporte, adoram atuar com grande público. O torcedor a favor ou contra é um estimulante para os atletas, independente da sua cor. Os negros têm na alma uma força que os suíços não sabem. Eles foram se  habituando a enfrentar o preconceito, muito antes do futebol. Gente saibam de uma coisa, criaram esse mi mi mi sobre o racismo, tornando o fato histórico e mundial, uma novidade. Longe disto, aqui no Brasil desde os tempos dos 350 anos de escravidão, os negros criaram uma casca invisível de proteção, que torcida nenhuma é capaz de mudar sua capacidade de jogar futebol, basquete, vôlei, cantar, declamar, compor, encenar ou seja o que for. Suíços não menosprezem os atletas negros, eles têm uma personalidade divina. Quanto aos menos habilidosos, sejam negros ou brancos, os “pernas de paus” serão vaiados sempre. Como notaram, discordo totalmente dos suíços.

CLÁUDIO MARQUES

Conheci o Claudio dando show nos campos de futebol, um senhor quarto zagueiro, dos melhores que já vi atuar. Sua perna esquerda era um verdadeiro compasso. Cláudio foi apelidado de “categoria” por ser um zagueiro clássico. Fora dos campos tem uma personalidade forte, que alguns tratam como vaidade pessoal, pela fama como grande atleta que foi. Comigo e com minha família, sempre foi muito carinhoso e cortes. Quando parou de jogar futebol, iniciou uma carreira de técnico, inclusive foi em certa ocasião o técnico do Rio Branco. Pois bem, Cláudio Marques pegou Covid-19 e deixou nós todos preocupados com sua recuperação. Principalmente seu filho Claudinho, seu anjo da guarda terrestre. Dia destes ficamos sabendo da sua recuperação total, inclusive já voltou ao seu trabalho atual nas categorias de base do Coritiba, seu clube do coração. Daqui uma abraço fraterno ao “categoria” e sua família, vida longa Cláudio Marques.

DONA VIVINA MINHA MÃE

Hoje faz dois anos que minha mãe faleceu, diga-se de passagem de morte natural. Convivi com ela por décadas, aprendi respeitar e amar minha mãe, como um ser humano especial, como são todas as mães. Ela me criou muito bem, ela me ensinou valores da vida, ela me apresentou Cristo, ela me fez ser amigo do Tupinambá e da sua gente, do Dr. Leocádio e sua obra, do Chico Xavier do São Jorge do São Francisco. Ela me deu dois irmãos amigos Valdir e Arita e dois pais Ademar Gomes e Onorival Boeira. Ela foi mãe e pai, ela foi amiga e conselheira, ela ajudou tanta gente que vocês nem imaginam. Sua passagem terrestre foi de trabalho, paz e amor. Uma santa.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.