Connect with us

Valmir Gomes

CARROSSEL CAIPIRA

Dia desses, o senhor Oswaldo Alvarez faleceu no Albert Eistein, em São Paulo, vítima de câncer, acontece que o referido cidadão é o querido Vadão, amigo de todos nós.

Publicado

em

Dia desses, o senhor Oswaldo Alvarez faleceu no Albert Eistein, em São Paulo, vítima de câncer, acontece que o referido cidadão é o querido Vadão, amigo de todos nós. Sua carreira brilhante no comando do futebol começou lá atrás no Mogi Mirim com o famoso carrossel caipira, sucesso absoluto por três anos. Descobriu Capone, Rivaldo, Valber, Leto, entre outros, fez do Mogi o time da moda no futebol brasileiro. Comparado aos grandes do futebol mundial. Nunca tínhamos visto um time com três zagueiros, muito menos aquela movimentação dos laterais e a troca constante do meio para frente. Um show! Da então pacata Mogi, Vadão ganhou o mundo do futebol, um dia chegou ao velho Atlético sem h, mudando a história do rubro-negro para sempre. Sucesso absoluto, conquistas, revelações e uma aula de comportamento. Nas grandes vitórias se mantinha tranquilo, nas derrotas era sereno como água de poço. Equilíbrio total, gente da melhor qualidade. Vadão se tornou uma estrela por sua luz própria. Deixou amigos e muita saudade.

RIO BRANCO

Falam do retorno do futebol paranaense. Isso obriga o nosso querido Rio Branco a buscar soluções para compor o grupo. Em uma acertada medida, o Leão da Estradinha foi o primeiro clube do Paraná que dispensou sua comissão técnica e atletas. Evitando gastos e desgastes inúteis, devido à pandemia e suas consequências. Agora, segundo soube, vai reiniciar suas atividades. Certamente teremos algumas novidades, fato comum no futebol. Obedecendo à medicina e autoridades competentes, desejo um bom retorno aos nossos atletas e comissão técnica.

ROBERTO DO GINÁSIO

Outro dia, falei da saudades de conversar com os amigos de Paranaguá, hoje lembrei do Roberto Abrantes, o conhecido Roberto do Ginásio. Bom papo, simplicidade e carinho com todos. Do guarda Civil Municipal Alexandre Constantino, falante, divertido, atento a suas obrigações. Espero que esta dupla esteja bem, daqui desejo saúde a eles e todos os amigos parnanguaras.

EQUIPE BOLA NA REDE

A turma do querido Waldir Braz está aguardando os acontecimentos no futebol, quem está habituado com programas e jornadas sente saudades do estúdio e dos estádios. Se tudo correr bem, logo estaremos de retorno para cobertura do Estadual com primazia ao querido Rio Branco. Assim caminha a humanidade.

SILVIO DE TARSO

Hoje acordei com saudades do amigo e radialista Silvio de Tarso, falecido tempos atrás vítima de bronquite crônica. A família do Silvinho é composta de gente boa barbaridade, um dos irmãos, Sérgio Silva, dá aula de rádio tal sua qualidade. Aqui vai um pequeno verso de uma poesia que fiz para Silvinho após seu falecimento. “Para cada momento. Tinha a palavra certa. Memória privilegiada. Cabeça de Poeta”. Saudades, meu querido.

COISAS SIMPLES

Tomar um café com amigos, almoçar falando de futebol, ir à missa, ir à sessão espírita no Dr. Leocádio, ir ao culto evangélico, ir a um centro de Umbanda, ler a Folha do Litoral News na Praça dos  Leões, buscar os filhos na escola, levar esposa no supermercado. Coisas simples, que estão fazendo falta! Como diz a Bíblia, tudo a seu tempo.