Connect with us

Pensar Verde

Preservar ou não preservar, eis a questão

Publicado

em

Desde que os europeus colocaram os seus pés em nosso território iniciamos um processo sem volta de exploração dos recursos naturais. No início trocávamos Pau-Brasil por espelhinhos e outras quinquilharias vindas do além mar. Hoje, já muito avançados e desenvolvidos, trocamos soja por tecnologia. A moral da história é que desde 1500 nos mantivemos trocando commodities (soja, café, laranja, milho, trigo, açúcar, algodão), que são as matérias-primas essenciais que possuem baixo nível de industrialização por produtos de alto valor agregado, uma produção em larga escala, capacidade de ser estocada, pouca industrialização, alto nível de comercialização e padrões de qualidade mundiais, por produtos de alto valor agregado. Uma lástima para um país continental e tão rico tanto de recursos naturais quanto de inteligência científica.

O dilema proposto no título deste artigo vem “ao encontro” dos gestores públicos que entendem a importância de uma árvore e de um rio para as cidades e “de encontro” a uma corrente de indivíduos que acha o tema sem importância. Nem só de commodities o homem viverá, mas não podemos negar o papel fundamental deles na economia do Brasil. Basicamente, cada um dos produtos acima depende diretamente da preservação das florestas que desempenham papel na estabilização do solo conservando o mesmo, na manutenção dos complexos ecossistemas que o mantém, produção de água e regulação da temperatura do planeta. 

Dando como exemplo os dados do Estado do Paraná a cobertura florestal natural é de 18%. Podemos dizer que cerca de 10% destas florestas estão bem conservadas. Na Floresta de Araucária o percentual de cobertura florestal eleva-se para 24%, sendo quase 13% de florestas em bom grau de conservação. Estes números revelam que já desmatamos demais em prol do nosso desenvolvimento urbano e alimentar. Estamos então na fase de preservar estes 18% como garantia de saúde, haja vista que os impactos ambientais que atualmente registramos no planeta, tem afetado diretamente ao bem-estar pessoas. Preservar ou morte! Esta seria a frase mais adequada para os dias atuais.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.