Connect with us

Paraná Produtivo

Santa Maria

A Copermate, de Santa Maria do Oeste, vai agregar mais valor à produção com a ajuda do Governo do Estado

Publicado

em

A Cooperativa de Reforma Agrária e Erva-mate (Copermate), de Santa Maria do Oeste, vai agregar mais valor à produção com a ajuda do Governo do Estado. Um convênio de R$ 406 mil garantiu a aquisição de uma máquina de envase de chás em sachê. A entidade foi a primeira colocada no edital do programa Coopera Paraná, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. O presidente da cooperativa, Adelir de Lima, diz que o convênio para aquisição da máquina vai permitir à cooperativa colocar um novo produto no mercado nacional e internacional, melhorando o comércio já existente. “Vamos aproveitar melhor a matéria-prima, e com isso agregar valor e aumentar a renda da cooperativa e do associado”. Já são industrializados pela Copermate a erva-mate chimarrão socada e triturada; erva-mate cacheada, chá mate tostado a granel, chá mate verde, palito e pó. Hoje, 13 produtores orgânicos têm certificação pelo IBD.


Copel testa caminhão

Um caminhão elétrico será testado esta semana pela Copel para transporte de materiais entre Curitiba e municípios da Região Metropolitana, do Litoral e dos Campos Gerais. O veículo sem emissão de gases poluentes e livre de ruído e vibração tem um peso bruto total de 7,5 toneladas. O caminhão que entrará em testes na próxima semana é da chinesa JAC Motors, e tem autonomia para até 200 quilômetros de rodagem. O fabricante estima que o custo total por quilômetro rodado resulte em 4 a 5 vezes menos, na comparação com a alimentação a óleo diesel. O desenvolvimento da mobilidade elétrica é uma das frentes de inovação em que a Copel tem atuado nos últimos anos. Em 2019, a empresa concluiu a instalação de postos de recargas que formam a maior eletrovia do Brasil, com 730 quilômetros de extensão, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu. O projeto, executado em parceria com a Itaipu Binacional, instalou 12 eletropostos ao longo da BR-277, nos municípios de Paranaguá, Curitiba, Palmeira, Fernandes Pinheiro, Irati, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel, Matelândia e Foz do Iguaçu.

Atrações turísticas

O Paraná será um dos dez Estados brasileiros responsáveis por divulgar os atrativos do País no “Meeting Brasil Online – Latin America 2020”. O evento acontecerá em formato on-line, respeitando as determinações de isolamento social, entre os dias 10 a 13 de agosto. A transmissão ao vivo acontecerá pelos canais oficiais no Facebook e YouTube da Expan Mais. Ele será dividido em dois momentos. O ‘Destination’ reúne capacitações promovidas pelos destinos do Brasil e o ‘Experience’ consiste em rodadas de negócios para apresentar produtos e serviços turísticos aos países participantes. O Meeting Brasil Online – Latin America 2020 contará com a participação de operadores e agentes de viagens do México, Guatemala, Costa Rita, Panamá, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Chile, Paraguai, Argentina e Uruguai. O Paraná será representado pela Paranatur.

Acordo Mercosul-Canadá

A assinatura do acordo de livre comércio entre o Mercosul e o Canadá tem potencial para aumentar em US$ 7,8 bilhões a receita das exportações brasileiras de produtos agropecuários, segundo estudo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O estudo será lançado oficialmente nesta quarta-feira, 29, em webinar sobre o andamento das negociações, com a participação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do Ministério de Relações Exteriores (MRE). Carnes, cereais, farinhas e preparações, frutas e complexo soja são os setores do agro, segundo a CNA, que têm mais potencial de serem beneficiados com o acordo. Em 2019, o comércio de produtos agropecuários com o Canadá registrou movimentação de US$ 628,7 milhões.



Importações de soja

As importações de soja brasileira pela China em junho bateram um recorde, de acordo com dados da alfândega chinesa divulgados no último domingo, 26, impulsionadas pela crescente demanda por soja causada pela recuperação dos rebanhos suínos do país depois de surtos de peste suína. Principal compradora de soja do mundo, a China importou 10,51 milhões de toneladas da oleaginosa do Brasil em junho, 91% a mais do que os 5,5 milhões de toneladas no ano anterior, mostraram dados da Administração Geral das Alfândegas. Os números de junho também cresceram 18,6% em relação às importações de maio, para 8,86 milhões de toneladas. As importações totais de soja da China em junho atingiram um recorde de 11,16 milhões de toneladas, uma vez que os processadores chineses também aproveitaram ao máximo os preços brasileiros mais baixos.

Mercado financeiro

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano foi ajustada de 5,95% para 5,77%. A estimativa de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – está no boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos. Para o próximo ano, a expectativa é de crescimento de 3,50%, a mesma previsão há nove semanas consecutivas. Em 2022 e 2023, o mercado financeiro continua a projetar expansão de 2,50% do PIB. As instituições financeiras consultadas pelo BC também ajustaram a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 1,72% para 1,67%, neste ano.


Demanda por etanol

As usinas da região Centro-Sul do país acumulam uma alta de 49,9% na produção de açúcar desde o início da safra 2020/2021, apontam dados divulgados na última sexta-feira, 24, pela União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica). Com uma participação maior em relação ao ciclo anterior, quase equiparada à do etanol, o subproduto não só foi beneficiado pela qualidade da matéria-prima como também pela queda na demanda do combustível no mercado interno em função do isolamento social contra a pandemia de covid-19. O relatório aponta que, desde abril até a primeira quinzena de julho, 16,31 milhões de toneladas de açúcar foram produzidos, diante de 10,88 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado. Somente nas duas primeiras semanas deste mês, a produção foi de 3 milhões de toneladas, com um incremento de 55% em comparação com a safra anterior.



Preços do porco

Os preços do suíno vivo alcançaram recordes no Brasil no acumulado de julho, disse na última sexta-feira, 24, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Na parcial deste mês (de 30 de junho a 23 de julho), o Indicador Cepea/Esalq do suíno subiu expressivos 40% em Santa Catarina, ao atingir R$ 5,93 por quilo na quinta-feira, o maior patamar real para a série histórica iniciada em 2002. O estado é líder nacional em produção da proteína. Ganho semelhante foi visto no Paraná, segundo maior Estado produtor, onde a cotação atingiu R$ 6,05 por quilo na quinta-feira, avanço de 42% no mês e pouco abaixo do recorde real de outubro de 2014. Em Minas Gerais e São Paulo, as altas no mês foram um pouco mais modestas –de 32% e 34%, respectivamente — mas também se aproximam das máximas registradas em novembro de 2014.


Tecpar cria selo

Para estimular a criação e desenvolvimento de projetos inovadores no Estado, o Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) lançou o “Selo de Inovação Tecpar”. A iniciativa é voltada para empreendedores e empresários interessados em avaliar o potencial inovador de seus produtos ou conceitos. Para pleitear o selo, o empresário ou empreendedor precisa entrar em contato com a Agência de Inovação do Tecpar, o que pode ser feito pelo e-mail [email protected]. Então os especialistas do instituto irão explicar como o procedimento será realizado. A metodologia é composta por seis aspectos, que são analisados e pontuados, dentro de dois grupos distintos: da viabilidade e da inovatividade. Cada proposta ou produto é classificada em um dos três níveis do Selo de Inovação: Conceito Inovador, Protótipo Inovador ou Produto Inovador.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.