conecte-se conosco

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

Dr.  Carlos Lobo

Paranaguá pode ser considerada uma cidade de sorte em relação aos médicos que já atuaram no seu território

Publicado

em

Paranaguá pode ser considerada uma cidade de sorte em relação aos médicos que já atuaram no seu território. Já escrevemos sobre o Dr. Joaquim, como Presidente Perpétuo do IHGP. Dessa vez, lembramos o Dr. Carlos Lobo, com o qual convivemos nos últimos tempos nos cafés da tarde do Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá – IHGP e também nas reuniões, onde comparecia com assiduidade.

Seu nome completo, Carlos Eduardo Marcondes Lobo, filho do Dr. Vitor Branco Lobo e da professora Elfrida Marcondes Lobo. Nasceu em Paranaguá no dia 11 de fevereiro de 1935. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Paraná, em 17 de dezembro de 1958. Fez residência em Santos, onde conheceu aquela que seria sua companheira por toda a vida, a doce Maria Rita.

Registrou-se no Conselho de Medicina do Paraná em 18 de maio de 1961. Especializou-se em Cirurgia Geral. Foi um dos fundadores do Hospital Paranaguá e o primeiro diretor do Hospital Regional do Litoral.

Em Paranaguá, desde a infância mostrou-se muito participativo nas atividades culturais, tanto que há o registro do seu nome no baile de Carnaval infantil do Clube Literário de 1943, no Bloco “Soldadinhos do Amor”. Passou a ser Sócio do Clube a partir de 18 de agosto de 1956 e em muito colaborou para que esse Clube continuasse existindo até os dias atuais. Foi Orador na Diretoria do Literário de 1964 a 1966.

Além de excelente médico, enveredou pela carreira política também, sendo Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Paranaguá entre 1987 e 1988.

Era Sócio Efetivo do IHGP de número 387, oficializado em 30 de abril de 2012. Era um Sócio participativo, opinava e trazia ideias atualizadas ao IHGP. O assunto predileto dele era a Revolução Francesa, fazia explanações profundas sobre essa temática e, para falar a verdade, não havia assunto que não dominasse.

Durante a pandemia da COVID 19, perdeu a sua grande companheira Maria Rita, o que encheu de tristeza seu coração, como também daqueles que conheciam a sua história e conviviam com eles. Passado algum tempo, também perdemos a convivência do Dr. Carlos Lobo no IHGP, as tardes já não ficaram tão alegres. Faleceu com 88 anos de idade, no dia 26 de março de 2023, um triste domingo para nós que ficamos.

Além do seu profissionalismo, na convivência das tardes do IHGP, mostrou-se um amigo. Ele sabia exatamente se algo não estava indo bem na administração do IHGP ou no coração dos presentes.

Humildemente falava do seu livro “Braços Abertos”, humildemente, porque para um escritor, um livro nunca está pronto. No entanto, ele tinha um grande dom para escrever e conseguiu resumir uma das épocas que ele julgou como uma das melhores de sua vida, aquele período que passou em Santos. Ainda participou do livro “A Medicina em Paranaguá” de uma forma extraordinária e deixou esse lindo registro histórico da Medicina.

Guadalupe Vivekananda Fabry

Diretora de Geografia – IHGP

plugins premium WordPress