Connect with us

Centro de Letras

Inauguração da Escola Normal

No mesmo dia da inauguração da Escola Normal de Paranaguá, 29 de julho de 1927, aniversário da cidade, também inauguraram a estrada entre Paranaguá e Praia de Leste

Publicado

em

Inauguração da Escola Normal

Alexandre Camargo de Sant’Ana

No mesmo dia da inauguração da Escola Normal de Paranaguá, 29 de julho de 1927, aniversário da cidade, também inauguraram a estrada entre Paranaguá e Praia de Leste (um trecho de 25 km). Segundo o jornal curitibano “O Dia”, a “estradinha do Munhoz” era “a mais flagrante prova de incapacidade como engenharia technico-economica”, uma “estradinha de ouro” que beneficiaria apenas alguns empresários ricos que comprariam os lotes em Pontal, o prometido Eden. O jornal ironizou os argumentos do governo de Caetano Munhoz da Rocha, de que a construção da rodovia livraria a região do impaludismo, “capilorizando a engenharia sanitária” e acabando com os banhados. 

Além de criticar a rodovia, o jornal também afirmou que a Escola Normal de Paranaguá era outro exemplo de desperdício de dinheiro e “custou uma fortuna”. Não apenas a construção do prédio e da estrada teriam consumido muitos recursos, mas até a festa de inauguração, a “farra de hoje”, com champanhe, 150 talheres, trem especial, banquete, seria um “capricho” inacreditável, pois nem a Escola Normal nem a Rodovia juntos pelos próximos 20 anos resultariam em rendas aos cofres públicos para compensar os gastos formidáveis do governo.

Uma visão bem diferente nós encontramos em matéria do “O Itiberê”, que descreveu a inauguração do “imponente edifício”, esse “magnífico templo de instrucção”, como um “notabilíssimo acontecimento”. Os rumores festivos começaram ainda de madrugada, com a banda da polícia fazendo a alvorada pelas principais ruas de Paranaguá, que desde cedo ficaram cheias e animadas com o povo dirigindo-se à Praça João Gualberto para acompanhar a inauguração, marcada para oito e meia. Do alto da escadaria, assim que o Hino Nacional acabou, Caetano discursou, recebendo uma salva de palmas. Em seguida, houve uma aula inaugural.