Connect with us

ADI Paraná

Pedágio

As atuais concessões terminam em novembro de 2021

Publicado

em

Foro privilegiado

Os deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB) e Evandro Araújo (PSC) e o governador Ratinho Júnior participam hoje, às 14h, de videoconferência com lideranças do Norte Pioneiro sobre os novos contratos de pedágio na região. As atuais concessões terminam em novembro de 2021. O Paraná terá o maior pacote de concessões de rodovias do País. O Governo Federal prevê investimentos de R$ 100 bilhões com o leilão do novo Anel de Integração rodoviário com 4,1 mil quilômetros.


Turismo

A Câmara dos Deputados aprovou a MP que libera R$ 5 bilhões para minimizar os impactos do Coronavírus no setor de turismo, o dinheiro servirá para capital de giro de micro, pequenas, médias e grandes empresas. “O setor de turismo foi muito prejudicado, talvez o último setor a se recuperar diante da pandemia. E nós, deputados e deputadas, temos a responsabilidade de apoiar esse segmento com os R$ 5 bilhões”, defendeu o deputado estadual Vermelho (PSD).


Apoio

O deputado e pré-candidato do PSD à prefeitura de Curitiba, Ney Leprevost, garantiu o apoio do Democracia Cristã (DC). A coligação deve ser formalizada na convenção do PSD marcada para o próximo dia 12. Leprevost garante ter o aval do governador Ratinho Junior para a candidatura própria do PSD.


Suspensão

A Agepar suspendeu o aumento de 9,62% na tarifa de água e esgoto que entraria em vigor em novembro pela Sanepar. A decisão é temporária e atende a pedido do governador Ratinho Júnior devendo valer até o início de dezembro, quando deve ser reavaliada pela agência.  

Rio Vermelho

O secretário  Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e Turismo) liberou R$ 400 mil para o projeto executivo do Parque do Rio Vermelho. Viabilizado pelo deputado Hussein Bakri (PSD) a pedido do prefeito Santin Roveda (PL), o recurso vai permitir a obra idealizada pelo arquiteto e ex-governador Jaime Lerner para integrar a preservação ambiental e o crescimento do Distrito de São Cristóvão, permitindo assim o combate às pequenas e médias enchentes.  

Na disputa

O deputado Delegado Francischini (PSL) afirma que ser prefeito de Curitiba é “sonho de muitos anos” e que se prepara para as eleições de novembro sem abandonar as bandeiras que o sustentaram no último pleito. “O que pode se esperar de alguém com o meu perfil é alguém em defesa da família, que busque uma grande parceria com a iniciativa privada, diminuindo o tamanho do Estado, da participação do poder público”, disse. 

Adiado

A Band TV decidiu transferir para 1.º de outubro o primeiro debate entre os candidatos a prefeito de Curitiba, inicialmente marcado para 17 de setembro.  A mudança obedece às disposições do calendário eleitoral definido pelo TSE, que só permite a realização de debates após o registro das candidaturas. 

Bloqueado

O prefeito de Campo Largo, Marcelo Puppi (DEM), teve R$ 839 mil em bens bloqueados pela 2.ª Vara da Fazenda Pública.   O prefeito é réu em uma ação por improbidade administrativa, relativa à dispensa de licitação para contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza e conservação nas escolas do município.

Não funciona

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos) disse da dificuldade para se aprovar o fim do foro privilegiado no Brasil. “Os políticos no Congresso não querem aprovar e o Supremo não decide nada, foi feito para não funcionar”, lamenta.


Candidato

O PRTB lançou Major Arsênio Rodrigues Filho como candidato à prefeitura de Cascavel. Rodrigues Filho trabalhou durante 35 anos na Polícia Militar do Paraná e entrou na reserva em julho do ano passado. “Vamos trazer a modernização, a industrialização para Cascavel”, disse. 

Verba

A Câmara dos Deputados aprovou a MP que destina crédito extraordinário de R$ 418,8 milhões para os ministérios da Ciência e Tecnologia. O dinheiro contempla ações relacionadas à pandemia causada pelo coronavírus. A maior parte da verba foi destinada ao Itamaraty (R$ 292,5 milhões) para apoio a brasileiros retidos no exterior em razão de cancelamento de voos para o Brasil e fechamento de fronteiras.


Opas

O Paraná está articulando com a Opas (Organização Panamericana de Saúde) uma ação que avalia e analisa os eixos da assistência e de vigilância epidemiológica. O objetivo do trabalho é consolidar ações consideradas positivas em todos os municípios e implementar novas condutas e atividades. “Este trabalho com a Opas poderá refletir em ampliação da melhoria do atendimento também pelos municípios”, disse o secretário Beto Preto Saúde).

Distribuição
Forte na disputa em cidades pequenas e médias, o MDB aprovou os critérios para distribuição entre os candidatos. O dinheiro terá como prioridade para prefeitos que buscam a reeleição. Também será levado em conta o potencial dos candidatos, a partir de pesquisas. O presidente estadual, João Arruda, reclamou do montante recebido nos últimos anos. O presidente nacional, deputado Baleia Rossi (SP), disse que avaliaria o caso do Paraná quando houver a distribuição da “reserva estratégica”, fatia do fundo que ficará disponível ao MDB nacional.


Sem política

O arcebispo de Maringá, Dom Severino Clasen, não quer saber de envolvimento de padres nas campanhas políticas. Em nota divulgada à comunidade, Clasen reforçou a proibição de filiação a partidos, a disputa de cargos eletivos a participação de atividades e ocupação de cargos públicos. Também proibiu a utilização do espaço físico das igrejas para apoiar candidatos e uso dos meios de comunicação das paróquias. A punição é a suspensão das atividades.



Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.