conecte-se conosco

ADI Paraná

Encontro PSD

O PSD Nacional deu uma mostra de força política e união ao reunir mais de 3 mil filiados, líderes, prefeitos, deputados e senadores durante encontro nacional da legenda realizado em Brasília

Publicado

em

ADI

O PSD Nacional deu uma mostra de força política e união ao reunir mais de 3 mil filiados, líderes, prefeitos, deputados e senadores durante encontro nacional da legenda realizado em Brasília. O partido deixou claro que pretende entrar na disputa pela presidência da República como protagonista. O partido quer ser uma alternativa ao eleitor – a chamada terceira via. O PSD do Paraná foi representado pelo deputado federal Ney Leprevost, um dos fundadores do partido, presidente do PSD de Curitiba e secretário de Justiça, Família e Trabalho do governo estadual.

Encontro PSD II
“O partido vai sim apresentar um programa para o futuro do país. O Brasil precisa de solidariedade, de diálogo, de respeito. O Brasil precisa de liberdade e democracia”, disse Leprevost durante o discurso. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, é quem deve encabeçar a candidatura presidencial do PSD.

“Tem Saída”
A Assembleia Legislativa aprovou a redação final do projeto de lei 193/2019, do deputado Anibelli Neto (MDB), que busca fomentar ações voltadas à promoção da autonomia financeira das mulheres em situação de violência doméstica e familiar. O projeto institui a campanha “Tem Saída” no Estado do Paraná. A proposta prevê alternativas na busca de autonomia financeira, estimulando a qualificação e capacitação profissional, ações e estudos com foco no empreendedorismo feminino e propiciando medidas que visem a geração de emprego e renda para as mulheres que sofreram qualquer tipo de violência.

Não se sustenta!
O líder do governo na Câmara, deputado federal Ricardo Barros (PP) e outras quatro pessoas viraram réus em um processo na Justiça Eleitoral que apura um suposto esquema de pagamento de propinas e lavagem de dinheiro em contratos Copel. A defesa do deputado Ricardo Barros informou que a denúncia não se sustenta. E, conforme declarou Barros, os depósitos citados pelo Ministério Público no texto são lícitos e estão declarados no imposto de renda dele ou das empresas que possui.

Demanda
Em quase um mês de funcionamento, os atendimentos no posto da Defensoria Pública dentro da Assembleia Legislativa do Paraná cresceram cinco vezes. Saltaram de dez em uma semana para dez por dia. “Nossa proposta aqui é que tudo que possa ser feito sem demandar um processo judicial, iremos realizar. Não vamos medir esforços para fazer. E percebemos isso em 80% dos atendimentos nestes primeiros dias”, comemora o defensor público, Matheus Munhoz, coordenador de projetos especiais da Defensoria Pública do Paraná e que atua no posto de atendimento na Assembleia Legislativa.

Pioneirismo
O serviço prestado no posto da Defensoria Pública na Assembleia Legislativa é considerado um modelo de referência. Não é feito em nenhuma outra Defensoria Pública do país, especialmente no que diz respeito ao trabalho administrativo extrajudicial, porque os servidores não se limitam aos temas comuns da alçada da instituição. A parceria entre as duas instituições é parte de um projeto de descentralização e funciona como um braço da Defensoria.

IFPR de Paranavaí
A ampliação do  Instituto Federal do Paraná (IFPR) de Paranavaí, proposta pelo deputado federal Filipe Barros, começou a ser implantada. Foi publicada na quinta-feira, 18, uma portaria criando o grupo de trabalho para o reenquadramento em nova tipologia do IFPR de Paranavaí, resultando em grande ampliação da instituição. O documento é a oficialização do início da remodelação do Instituto, que dobrará o número de docentes, dos atuais 70 para 150, aumentando também o número de cursos e de vagas.

IFPR de Paranavaí II
Entre os novos cursos previstos está o de Engenharia Agroindustrial, com reflexos diretos na cadeia produtiva de alimentos da região Noroeste do Paraná, considerado polo nacional de produção de mandioca e de industrialização de fécula e de farinha, além da citricultura e pecuária. A proposta de Filipe Barros também amplia o escopo de pesquisa e extensão validando o IFPR como instrumento jurídico capaz de garantir a instalação de uma Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia da Embrapa em Paranavaí.

Amigos do HC
A 15.ª edição da Feijoada dos Amigos do HC será realizada neste sábado (27) no Clube Curitibano, na capital paranaense. A arrecadação de ingressos para o evento será revertida ao Programa de Atenção à Pessoa Idosa do Hospital de Clínicas. Os ingressos custam R$ 150,00 e incluem buffet completo. Para adquirir os ingressos, deve ser acessado o link: campanha.amigosdohc.org.br/feijoada-dos-amigos-do-hc.

Piso salarial
O Senado aprovou nesta quarta-feira (24) projeto que institui o piso de R$ 4.750 para os enfermeiros do Brasil. A proposta (PL 2.564/2020) indica ainda um piso mínimo de R$ 3.325 para os técnicos de enfermagem e de R$ 2.375 para os auxiliares de enfermagem e para as parteiras. A proposta (PL 2.564/2020) segue agora para a análise da Câmara dos Deputados.

Coquetel de anticorpos
Uma consulta pública foi aberta na Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) para a inclusão, no SUS, do coquetel de anticorpos contra a Covid-19 da Regeneron em parceria com a Roche. A abertura foi na quarta-feira, 24, e as contribuições podem ser dadas no site do órgão até o dia 3 de dezembro. O Regn-Cov2 tem como objetivo oferecer imunidade de longa duração a pacientes expostos ao SARS-CoV-2, principalmente aqueles que não apresentaram respostas às vacinas contra a Covid-19, inclusive pacientes imunocomprometidos.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Continuar lendo
Publicidade